EnglishFrenchGermanItalianPolishPortugueseSpanish


Notícias

Vida religiosa provisória: um desafio a ser enfrentado (3ª e última parte).

5. Tarefas pertinentes à vida religiosa:

O que seria importante resgatar neste cenário complexo? .

1. Re-elaborar a Teologia da Vida Religiosa a partir dos paradigmas existenciais que trazem as novas gerações, com uma salutar síntese das coisas antigas: Não é rejeitando a experiência do passado que vamos dialogar com o novo, mas instaurar o salutar confronto na busca da essencialidade, o serviço ao Reino;

2. Recuperar a antropologia da vida religiosa: o importante é considerar o ser humano envolvido no processo de busca em vista de num projeto de radicalidade. A pessoa do religioso e suas raízes culturais precisam ser integradas no processo formativas continuo, jamais estanque;

3. Repensar o simbolismo teológico da vida religiosa: Martin Buber, para citar um exemplo, profetiza o “eclipse de Deus” ; aquela imagem clássica de Deus desaparece no cenário religioso fragmentado. Ora, a vida religiosa, como teologia, não pode ficar à margem desta mudança, inclusive na sua missão especifica. É preciso sair do mundo da clausura para instaurar um diálogo com a sociedade, com a cultura e com a própria Igreja;

Neste sentido a identidade da vida religiosa no atual contexto pode ser re-pensada nos seguintes paradigmas à luz do Documento de Aparecida :

VIDA RELIGIOSA CHAMADA A SER:

– Testemunha significativa;- Fiel ao Evangelho no meio das vicissitudes históricas;- Dom do Pai, seguimento de JC e serviço a Deus na humanidade;- Vida discipular místico-comunitária- Vida missionária apaixonada por Jesus verdade do Pai capaz de mostrar a luz de Cristo às sombras;- Vida a serviço do mundo a partir do carisma fundacional;- Especialista em comunhão tanto no interior da Igreja como na sociedade;- Pessoas integradas e integradoras a partir da espiritualidade do carisma e de um processo contínuo de conversão pessoal e comunitária;- Saber avançar com ousadia, profetismo e humildade, para águas mais profundas: AVANCEM! –

VIDA RELIGIOSA CHAMADA A FAZER:

Participação ativa na ação pastoral;- Presença em situação de pobreza, de risco e de fronteira (DA, 99c);- Passar de uma pastoral de conservação para uma pastoral missionária e projetual;- Formar uma nova geração de religiosos/as discípulos e missionários/as;- Conformar uma nova sociedade de justiça e dignidade;- Transformar nossas obras em lugares de anúncio do Evangelho, de comunhão, principalmente para os mais pobres;- Descobrir os nossos rostos da pobreza atual, as novas periferias, os novos desertos e as praças onde estão os sem trabalho;- Promover a conversão pastoral, o diálogo ecumênico e a pastoral urbana;

Diante de tantos fatos aqui narrados não bastam as boas intenções. A vida religiosa não é filha de um monaquismo perfeito, por mais valioso que tenha sido ao longo dos séculos até nossos dias a vida monástica em todas as suas formas. Também o vasto movimento da vida religiosa não se desenvolveu desde o monaquismo como um embrião; acredito sim que a vida religiosa manteve sempre sua abertura ao Espírito Santo na sensibilidade de homens e mulheres ousados que souberam ler os sinais dos tempos no contexto em que viviam e deram respostas a questões locais com horizontes universais.

Em conseqüência disto, o postulado de uma vida religiosa provisória, que nos assusta inicialmente, pode ser mais uma onda neste mar bravio que sacode o barco, mas não o afunda porque o Senhor de sempre está conosco e tem a força para fazer a tempestade se acalmar e dissipar o medo. Por isso creio recomendáveis três atitudes de fé:

1. Promover uma atitude contemplativa de todos agradecendo a Deus pelo dom da vocação e da missão;
2. Cultivar um respeito recíproco que ajuda a aceitar os mais fracos, respeitando a criatividade e a responsabilidade;
3. Consagrar ao Senhor todos os esforços da missão;

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

POR UMA PARÓQUIA SINODAL

Na quarta-feira (25/01), as lideranças comunitárias e pastorais da paróquia Nossa Senhora das Graças em Ananindeua/PA, se reuniram no salão São José, da Igreja Matriz, para o primeiro encontro da

Leia mais

Está gostando deste Conteúdo? Compartilhe!

Ir para o Whatsapp
1
Precisa de ajuda?
Olá! Podemos te ajudar? 😀