EnglishFrenchGermanItalianPolishPortugueseSpanish


Notícias

Ser discípulos antes para ser apóstolos depois

Roma/Itália –  Na iminência de concluir o curso de formação permanente junto à Universidade Pontifícia Salesiana de Roma (UPS), uma vintena de missionários salesianos reuniram-se com o Reitor-Mor, na Casa Geral, onde o Sucessor de Dom Bosco lhes passou importantes sugestões para viverem na ótica salesiana o seu mandato missionário.

Ontem, 29 de novembro, o Reitor-Mor, P. Pascual Chávez, recebeu os missionários salesianos que estão por concluir o curso de atualização na UPS. O Reitor-Mor sublinhou-lhes que ser missionário não é uma opção pessoal, mas uma resposta ao mandamento do Senhor que envia os seus discípulos a serem as suas testemunhas “até os confins da terra” (At 1,8). “Sois mandados! – disse –. Não é um projeto pessoal. É um dom”. A primeira atitude indicada é a imersão no coração da cultura local se se quiser que o Evangelho penetre e produza frutos. Ser missionário salesiano não é praticar um ofício, mas “trabalhar pela salvação, especialmente dos jovens”; “basta que num povoado haja jovens para que os salesianos ali se dediquem”.

“Ser missionários hoje significa dialogar com a cultura e dispor-se, pois, a aprender a sua língua. É necessário mostrar-se muito humildes, ser como crianças que devem aprender a falar: porque a linguagem é o modo pelo qual se expressa a cultura”. É necessário renunciar à própria cultura de origem e ter como modelo missionário Jesus Cristo que “esvaziou-se de Si mesmo…” para compartilhar plenamente a vida daqueles aos quais era mandato (cf. Fl 2,6-11).

É importante que o salesiano missionário “cuide da própria saúde e aprenda a saber descansar” – exortou por último o Reitor-Mor citando Dom Bosco: “Devemos trabalhar muito… mas por longo tempo”. O salesiano missionário deve zelar pela própria vida espiritual a fim de enfrentar com mais vigor e sapiência os problemas com que se defronta: “Ser discípulos antes, para ser apóstolos depois”. Fundamental é a comunidade, que oferece um grande auxílio, uma sustentação – psicológica e espiritual – com que ser fiel à própria vocação.

Seguiu-se a Celebração Eucarística presidida pelo P. Guillermo Basañes, Conselheiro regional para a África-Madagascar, e a visita ao Arquivo Central, orientada pelo P. Luigi Cei.

Remate ao Curso de atualização dos missionários – de cerca de onze semanas –, será a peregrinação à Terra Santa durante a primeira semana de dezembro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

CURATORIUM DO CRESCO

No dia 22 de fevereiro em Tlaquepaque, Jalisco, México, os Inspetores das regiões do Cone Sul e Interamérica se reuniram para participar do Curatorium do

Leia mais

BOSCOFOLIA 2024

No dia 13 de fevereiro, o Pró Menor Dom Bosco, na Zona Leste de Manaus, foi palco de uma celebração única neste Carnaval. O BoscoFolia

Leia mais

Está gostando deste Conteúdo? Compartilhe!

plugins premium WordPress
Ir para o Whatsapp
1
Precisa de ajuda?
Olá! Podemos te ajudar? 😀