EnglishFrenchGermanItalianPolishPortugueseSpanish


Notícias

Senado Federal

Senado Federal homenageia os 45 anos da Campanha da Fraternidade da CNBB

“É com muita honra e privilégio que o Senado Federal abre nesta manhã de quarta-feira a sessão especial em homenagem aos 45 anos da Campanha da Fraternidade, mobilização permanente realizada desde 1964 pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB)”. Foi com estas palavras que o presidente da primeira parte da homenagem, senador Marconi Perillo (GO), abriu a sessão.

A solenidade teve a participação do secretário-geral da CNBB, dom Dimas Lara Barbosa, do núncio apostólico no Brasil, dom Lorenzo Baldisseri e do assessor político da Conferência dos Bispos, padre Ernanne Pinheiro, além de representantes de outras religiões, como o budismo e evangélicos.

Durante a homenagem, 16 parlamentares falaram sobre a trajetória da Campanha da Fraternidade ao longo desses 45 anos de sua existência. Em sua fala, o senador Flávio Arns destacou a importância de a iniciativa estar com 45 anos de existência sem ter falhado um ano: “Há 45 anos surgia a Campanha da Fraternidade da CNBB. Milhares de brasileiros já nasceram vendo essa iniciativa da Conferência dos Bispos presente no país. É uma instituição como poucas que proporciona um debate tão sério e tão natural em nosso país”.

O senador Eduardo Suplicy pediu a urgente aprovação da PEC 438 que tramita na Câmara dos Deputados. A proposta estabelece pena onde for constatada a exploração do trabalho escravo. De acordo com o senador, “esta também se trata de uma forma de violência que é predominante no país”, disse fazendo menção ao tema da CF-2009, “Fraternidade e Segurança Pública”. Suplicy relembrou o centenário de dom Helder e a importância do bispo para a criação da Campanha da Fraternidade, bem como da CNBB.

“O Manual da Campanha da Fraternidade deveria ser obrigatório nas escolas, repartições públicas e privadas. Se isso acontecesse creio que as tantas leis que são aprovadas não seriam mais necessárias, nem mesmo a CNBB precisaria fazer Campanhas da Fraternidade”. A afirmação é do senador Inácio Arruda, que logo após explicou a frase: “Entre os vários temas que a CNBB propõe todos os anos em suas campanhas, muitos se transformam em programas do Governo. O Estado vem absorvendo os estudos da CNBB e isso é um ato de louvor porque se trata de discussões sempre muito importantes e atuais que evolvem o país e mobiliza a sociedade”, disse o senador, que teve a mesma afirmação confirmada pelo senador Pedro Simon.

Todos os senadores abordaram a temática deste ano da Campanha da Fraternidade. Em referência ao tema, Paulo Paim disse: “Somos a única espécie que fala de paz e também a única que conspira contra ela. É por isso que é de se enaltecer o trabalho idealizado pela CNBB que não só tem sido absorvido pelos católicos, como também por toda a sociedade brasileira.

Dom Dimas
No encerramento da sessão, o presidente da segunda parte da homenagem e idealizador da proposta, senador José Neri, agradeceu a participação de seus colegas e parabenizou a CNBB pela iniciativa de mobilizar por meio das Campanhas da Fraternidade. Dom Dimas fez suas considerações sobre as quase 3 horas e meia de sessão: “Eu agradeço a todos pela presença e pela iniciativa do senador José Neri de homenagear os 45 anos da Campanha da Fraternidade. Como diz o próprio texto-base da Campanha deste ano, a CNBB não quer apresentar receitas prontas, mas suscitar um debate que começou desde a Ação Católica de modo que as próprias comunidades das mais diversas realidades do Brasil possam receber a palavra de Deus e buscar soluções para combater a violência, e cada vez mais, atender aos anseios do nosso povo para construirmos juntos a civilização do amor. Nosso objetivo é fazer um trabalho a partir da ótica da fé, uma vez que acreditamos com São Tiago que a ‘fé sem obras é morta’”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

CURATORIUM DO CRESCO

No dia 22 de fevereiro em Tlaquepaque, Jalisco, México, os Inspetores das regiões do Cone Sul e Interamérica se reuniram para participar do Curatorium do

Leia mais

BOSCOFOLIA 2024

No dia 13 de fevereiro, o Pró Menor Dom Bosco, na Zona Leste de Manaus, foi palco de uma celebração única neste Carnaval. O BoscoFolia

Leia mais

Está gostando deste Conteúdo? Compartilhe!

plugins premium WordPress
Ir para o Whatsapp
1
Precisa de ajuda?
Olá! Podemos te ajudar? 😀