EnglishFrenchGermanItalianPolishPortugueseSpanish


Notícias

Pós-noviço Franciclei defende monografia

Manaus/AM – Na quinta-feira, dia 17 de junho, o pós-noviço Franciclei Borges defendeu sua monografia “O Prazer Ético de Epicuro como proposta para a Contemporaneidade Líquida” na Faculdade Salesiana Dom Bosco, em Manaus. O trabalho foi orientado pelo Prof. Márcio André Araújo de Oliveira, Mestre em Sociologia e professor da FSDB, e na banca de examinadores estavam presentes o Prof. Raimundo Teixeira Barradas, Doutor em Educação e o Prof. Arthur Freitas Hidalgo, especialista em Filosofia.

Por volta de outubro do ano passado teve inicio a composição do trabalho com a entrega do projeto. O interesse pelo tema, segundo Franciclei, “surgiu a partir de um artigo sobre o Prazer Antropológico, que me despertou o interesse em aprofundar o termo ‘Prazer’ afastando dele a conotação sexual, a qual é associado com freqüência”, acrescenta ainda, “o próprio Epicuro foi taxado de Hedonista, porém o Jardim para ele não era o lugar das orgias como era costume associar, e sim o lugar do trabalho, da amizade, da frugalidade, da construção coletiva do conhecimento, através da relação discípulo-mestre”.

O texto está divido em três capítulos que perpassam desde a definição do termo ‘prazer’, concepções de outros filósofos, até a própria filosofia de Epicuro, a relação entre o Jardim e a Ética e a proposta de Epicuro para a pós-modernidade, com base no diagnóstico de Bauman a respeito da situação pós-moderna.

A proposta de Epicuro pode nos ajudar a enfrentar a visão de vida da chamada sociedade líquida, aquela que propõe relacionamentos sem compromisso, a busca do prazer em dinamismo essencialmente individualista, a vida afogada em experiências que desfrutam a vida dos outros, o conhecimento como fruto de uma busca exclusivamente pessoal.

A filosofia de Epicuro nos oferece também uma vida prazerosa, mas com compromisso de amizade sólida, de prazer fruto de uma vida equilibrada e ativa, da construção coletiva do saber, de uma vida sóbria e essencial. Um prazer ético, prazer com responsabilidade social e equilíbrio pessoal, diante do prazer individualista, consumista e egoísta. “A elaboração da monografia pretende também compreender o poder de escolha do ser humano”, conclui.

A banca de examinadores aprovou a monografia de Franciclei atribuindo a pontuação de 9,5. Com isso concluiu seu curso de Filosofia e segue para a etapa formativa do tirocínio.

E assim caminhamos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

POR UMA PARÓQUIA SINODAL

Na quarta-feira (25/01), as lideranças comunitárias e pastorais da paróquia Nossa Senhora das Graças em Ananindeua/PA, se reuniram no salão São José, da Igreja Matriz, para o primeiro encontro da

Leia mais

Está gostando deste Conteúdo? Compartilhe!

Ir para o Whatsapp
1
Precisa de ajuda?
Olá! Podemos te ajudar? 😀