EnglishFrenchGermanItalianPolishPortugueseSpanish


Notícias

Obrigado, Senhor

Queridos irmãos salesianos
Caríssimos fiéis da Paróquia São José Operário – Aleixo

Que o Senhor me conceda de dia sua graça benigna e de noite, cantando, eu bendigo ao meu Deus, minha vida (Sl 41, 9).

Como todos sabem vivi um dos momentos mais duros da minha vida. O medo de perder meu único rim devido a um tumor me deixou perturbado. Lembrava-me sempre das palavras que encontramos em nossas Constituições Salesianas, NADA DE PERTURBE. Foi assim que enfrentei o desafio desta cirurgia. Desde o primeiro momento depositei nas mãos do bem-aventurado João Paulo II, toda a minha esperança. Ele mesmo repetia em suas homilias aos jovens: NÃO TENHAM MEDO. Exatamente a mesma expressão da grande Teresa de Ávila.

Dois fatos interessantes. Na tarde do dia 23 estive com meu médico, Doutor Anoar, para um exame rápido. Ele acabara de chegar de um Congresso de urologistas nos Estados Unidos. Disse-me que estava impressionado com o tema do Congresso. Em onze anos do mesmo nunca se tinha falado em pormenores deste tipo de cirurgia renal, sem procedimentos e seus riscos. Todo o encontro foi para ele uma revisão dos procedimentos. Ele me dizia. “Não sei por que, mas tem algo de Deus ai. Durante todo o encontro meu pensamento estava em você porque o assunto foi a sua cirurgia”. Fiquei emocionado de ouvir da boca de um cirurgião renomado a certeza de que Deus estava guiando o processo. Foi maravilhoso. Naquela mesma tarde recebi um presente de Nossa Senhora. Já a caminho do hospital recebi uma caixa da editora Santuário com alguns volumes da re-edição do meu livro Maria, a mulher que acreditou, cantar o magnificat de Maria hoje. Encontrei ali um convite e uma benção para não perder a esperança.

Na festa de Nossa Senhora Auxiliadora, fui para o hospital com o coração sereno. Sabia que a corrente de oração que começava nas comunidades da paróquia e passava pelos meus caros irmãos salesianos arrancaria de Deus mais este pedido. Como o salmista eu rezava: “Por que te entristeces, minha alma, a gemer no meu peito? Espera em Deus. Louvarei novamente o meu Deus Salvador”(Sl 41,6). Minha mãe, irmã e dona Edilamar estavam lá segurando a minha mão. Foi um auxilia poderoso aquele. Entrei no centro cirúrgico às 08h00. Uma hora depois vi o rosto sereno do cirurgião, doutor Anoar Samad, que me observava com carinho. A equipe médica sempre atenciosa me dizia: Coragem, tudo sairá bem! Acordei horas depois com a boa noticia: a cirurgia acabou e foi um sucesso! Fiquei na CTI 24 horas. Técnicos, enfermeiros/as, médicos não cansavam de me dar atenção. No início da manhã do dia 26 entrou no meu quarto da CTI o cirurgião. No rosto dele a certeza de mais uma batalha vencida. Ele me disse: “Meu caro padre João foi uma luta esta cirurgia. Estou quebrado, cansado. Foram três horas e meia de luta para retirar o tumor sem prejudicar o rim. O mesmo não parou nenhum momento, contudo, o senhor perdeu muito sangue. Agora é observar o desenvolver da acomodação do rim a esta nova realidade. Mais fique certo, foi um sucesso. Foi a mão de Deus, tenho certeza”. Naquele momento meu coração louvou ao Deus da vida com o versículo nono do salmo 41.

Os dias que precederam a cirurgia foram dolorosos, mas tudo suportei com a esperança daqueles que crêem no Senhor que faz renascer todos os dias suas criaturas. Agora estou aqui na casa inspetorial para um período de um mês de observação e repouso. É um tempo precioso.

Desde já agradeço a todos pelas orações, amizade e acompanhamento. Quero também agradecer ao padre Humberto que, no 21, memória de Santa Rita, me convidou para uma missa no Pró-Menor. Ali rezei com o povo pedindo a Deus o Dom da Vida. Também agradeço a querida bem-aventurada irmã Dulce que no dia da sua beatificação me fez perceber a grandeza de Deus e seu amor pela nossa natureza humana fraca. Agradeço também ao meu superior religioso padre Benjamim Morando que desde o primeiro momento se mostrou sereno e garantiu todas as necessidades. Obrigado ao padre Chicão e Gennaro pelo acompanhamento. Enfim, agradeço aos serviços do pessoal da equipe de dona Edilamar que me ajudam nestes momentos.

A todos o meu abraço e as minhas orações.

Pe. João Mendonça, sdb
30/05/2011.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

POR UMA PARÓQUIA SINODAL

Na quarta-feira (25/01), as lideranças comunitárias e pastorais da paróquia Nossa Senhora das Graças em Ananindeua/PA, se reuniram no salão São José, da Igreja Matriz, para o primeiro encontro da

Leia mais

Está gostando deste Conteúdo? Compartilhe!

Ir para o Whatsapp
1
Precisa de ajuda?
Olá! Podemos te ajudar? 😀