EnglishFrenchGermanItalianPolishPortugueseSpanish


Notícias

O Grande Silencio

“… Silêncio!¨


Eis a palavra ideal para definir o filme


¨O Grande Silêncio¨ de Philip Groning,


produção tedesca fabulosa de 2006.



Totalmente averso ao mercado cinematografico.
O filme retrata apenas em cenas o enigmatico silêncio
dos monges do Grande Chartreuse na França.
Talvez o filme suscite uma grande adiversidade
ao mero silêncio que rodeia a sala do cinema,
ou suscite ao telespectador
o indubitável barulho
ou rumor interior que de som gradativo
passa ao aterrador grito interior
se torna oração,
intimidade profunda consigo mesmo
através do ritmo quotidiano e rotineiro dos monges.



Longe de ser destinado prioritariamente a religiosos,
o filme deixa, intermitente, a vida dos monges falar e pôr-se a pergunta:
O que leva um homem deixar tudo para privar-se e confinar-se à clausura total?



Certamente o próprio silêncio é incapaz de responder a esta pergunta,
pois trata-se de uma resposta vocacional,
afinal as respostas poderiam ser muitas e até incompreensíveis
a céticos e incredíveis olhos.



… Me seduzistes Senhor e eu me deixei seduzir!



… é o que disse o profeta Jeremias no AT
é o que contemplam hoje na insurdência do mundo
os monges chartreuses.



… Me seduzistes Senhor e eu me deixei seduzir!



Nada te perturbe, nada te espante, só Deus basta!
… disse Teresa.



Nada te impeça, tudo seja teu e aprazível
Insejam os consumistas e hedonistas do mundo hodierno.



[… Pois vem o silêncio
… rompe o grito!
provoca-se o silêncio,
mas alguém está a falar.
Chega a noite,
o som se arvora
a ecoar no silêncio das altas horas.
Dorme o homem
Mas não se adormenta o silêncio!]



Quem não toma a própria cruz e não me segue
não é digno de mim!



A pesante quotidianidade dos monges
mostra a pequenos gestos,
o sentido próprio da vida:
entrega, serviço, caridade, bondade,
c o n t e m p l a ç ã o
… amor!



Diz um velho monge a sorrir:
¨Quando se aproxima da morte,
se aproxima da verdadeira VIDA!¨



Tu me seduzistes Senhor e eu me deixei seduzir!



Vem o rosto de cada um.
Consigo uma história,
uma vida, uma escolha pessoal:
a liberdade.
Ninguém fala, apenas se contempla.
As palavras se esvaziam nos próprios
rostos que se apresentam.



Afinal definir Deus é como
escutar o silêncio.



Basta! Psi… pois o silêncio está a falar!
[…]



11… E Deus lhe disse:
Sai para fora, e põe-te neste monte perante o SENHOR.
E eis que passava o SENHOR,
como também um grande e forte vento
que fendia os montes e quebrava as penhas diante do SENHOR;
porém o SENHOR não estava no vento;
e depois do vento um terremoto;
também o SENHOR não estava no terremoto;
12 E depois do terremoto um fogo;
porém também o SENHOR não estava no fogo;
e depois do fogo uma voz mansa e delicada…
1 Kings 19:11-12



“O GRANDE SILENCIO”



Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

POR UMA PARÓQUIA SINODAL

Na quarta-feira (25/01), as lideranças comunitárias e pastorais da paróquia Nossa Senhora das Graças em Ananindeua/PA, se reuniram no salão São José, da Igreja Matriz, para o primeiro encontro da

Leia mais

Está gostando deste Conteúdo? Compartilhe!

Ir para o Whatsapp
1
Precisa de ajuda?
Olá! Podemos te ajudar? 😀