EnglishFrenchGermanItalianPolishPortugueseSpanish


Notícias

Nota de falecimento: DOM ANTÔNIO POSSAMAI – “O SENHOR ME UNGIU PARA EVANGELIZAR OS POBRES”.

“A meu ver, hoje estão faltando sacerdotes e profetas que denunciem o avanço da soja, do boi, da cana, dos bioenergéticos, das hidrelétricas, dos pesticidas e do uso de outros meios para matar”. (Dom Antônio Possamai, na Assembleia da CPT-RO, 06.07.2013).

Papa Francisco tem insistido no convite para que os Pastores da Igreja tenham cheiro de ovelhas, estejam comprometidos com a vida do povo, com seus sonhos, projetos e lutas. Assim foi a vida de Dom Antônio Possamai, Bispo emérito de Ji-Paraná/RO, um homem dedicado à causa do Reino de Deus e de seus preferidos – os pobres.

Nascido em 05 de abril de 1929, na cidade de Ascurra/SC, ainda jovem conheceu os Salesianos de Dom Bosco. Fez sua primeira profissão religiosa no dia 31 de janeiro de 1948. Ordenado presbítero em 08 de dezembro de 1957. Estudou filosofia em São João Del Rey/MG, e teologia no Instituto Pio XI/SP.

Ao longo do seu ministério exerceu a função de pároco, e vice inspetor da Inspetoria São Pio X, em Porto Alegre/RS, de 1963 a 1972; Inspetor na Inspetoria São Luiz Gonzaga, em Recife/PE, de 1976 a 1982.

Foi nomeado primeiro Bispo Diocesano de Ji-Paraná/RO em 04 de março de 1983. Sua ordenação aconteceu em sua cidade natal no dia 15 de maio do mesmo ano. Assumiu com lema episcopal a frase bíblica do Evangelho de Lucas 4, 18 – “O Senhor me ungiu para evangelizar os pobres”. Esta opção lhe causou ao longo da vida diversos conflitos e incômodos, calunias e ameaças de morte.

Como Bispo assumiu diversos serviços na CNBB e no Regional Norte I, inclusive a função de presidente. Dirigiu sua diocese de 1983 a 2007 quando pediu renuncia por idade. Chamado de profeta dos pobres e posseiros era muito estimado pelo povo simples de sua diocese.

Durante seu episcopado implantou a escola de fé e política para os leigos e cobrava de todos, inclusive dos salesianos, uma pastoral juvenil mais organizada e dinâmica. Assim testemunhou um salesiano – ele dizia, “não quero colégios, mas uma pastoral e obras sociais bem organizadas”.

A distância territorial e sua personalidade firme não permitiram um contato mais intenso com os irmãos salesianos a nível inspetorial, porém, a seu modo, como pastor e salesiano, colaborou com a missão dos filhos de Dom Bosco na Amazônia.

Após sua renuncia passou a residir em Porto Velho na Paróquia São João Bosco continuando a servir o povo de Deus. Hoje dia 27 de outubro, aos 89 e anos de idade, após um longo período de enfermidade, partiu para o Reino dos Céus, onde de Deus receberá a justa recompensa por seu trabalho.

Que seu empenho pela defesa da vida, da ecologia, de uma evangelização inculturada, continue alimentado todo o nosso empenho pastoral.

Em breve maiores informações sobre o velório e sepultamento.

Fontes consultadas: http://cptrondonia.blogspot.com/2014/04/dom-antonio-possamai-obreiro-da-justica.html; https://www.gentedeopiniao.com.br/colunista/dom-moacyr/dom-antonio-possamai-obreiro-da-justica-e-da-paz;

Dom Antonio Possamai possamai4 possamai5

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

BOSCOFOLIA 2024

No dia 13 de fevereiro, o Pró Menor Dom Bosco, na Zona Leste de Manaus, foi palco de uma celebração única neste Carnaval. O BoscoFolia

Leia mais

Está gostando deste Conteúdo? Compartilhe!

plugins premium WordPress
Ir para o Whatsapp
1
Precisa de ajuda?
Olá! Podemos te ajudar? 😀