EnglishFrenchGermanItalianPolishPortugueseSpanish


Notícias

Natividade de São João Batista

Aos Irmãos salesianos da Congregação

Objeto: Sesquicentenário de fundação da Congregação salesiana

CARÍSSIMOS IRMÃOS,

apenas encerrado o Capítulo Geral 26, que foi um verdadeiro Pentecostes para todos nós, eis-nos a viver e a celebrar um novo evento de graça: o Sesquicentenário de fundação da Congregação salesiana por Dom Bosco.

Na noite de 18 de dezembro 1859, no Oratório de São Francisco, nos aposentos de Dom Bosco, reúnem-se alguns jovens com a finalidade de “promover e conservar o espírito de verdadeira caridade que se requer na obra dos Oratórios para a juventude abandonada e periclitante”: assim escreve o P. Alasonatti na ata daquele encontro. Lê-se ainda na mesma ata: “Aprouve portanto aos Congregados erigir-se em Sociedade ou Congregação, a qual, tendo como finalidade ajudar-se mutuamente para alcançar a própria santificação, se propusessem promover a glória de Deus e a salvação das almas, especialmente das mais necessitadas de instrução e de educação”.

O ano de 1859 é portanto o ano do nascimento da nossa Congregação. Desejo, por isso, propor a todos os Irmãos viverem o ano de 2009 como um ano de graça, recordando de onde vimos, quem somos e para onde vamos. Com esta celebração da nossa identidade carismática inicia também a peregrinação da urna de Dom Bosco por todas as Regiões da nossa Congregação e se abre deste modo a preparação para o bicentenário do seu nascimento em 2015.

Este acontecimento será vivido por todos nós como uma caminhada espiritual e pastoral, que iniciará com a solenidade de Dom Bosco, no dia 31 de janeiro de 2009, terá momentos salientes no dia 24 de junho, dia do seu onomástico, e no dia 16 de agosto, dia do seu nascimento, e culminará no dia 18 de dezembro de 2009 com a renovação da profissão por parte de todos nós, salesianos. Especial agradecimento a Maria será expresso no dia 25 de maio, solenidade da Auxiliadora. É-nos oferecido desta maneira “re-partir de Dom Bosco”, Fundador da nossa Congregação, da Família Salesiana e do vasto Movimento Salesiano.

Trata-se de tomar consciência da nossa identidade de pessoas consagradas, devotadas ao primado de Deus, à seqüela de Jesus Cristo obediente, pobre e casto, plenamente disponíveis ao Espírito, e justamente por isso totalmente dedicadas aos jovens. É uma identidade de se viver com alegria e manifestar visivelmente no fervor evangelizante, no amor pela salvação das almas, no ímpeto pastoral, que se inspiram no programa de vida de Dom Bosco: “Da mihi animas, cetera tolle”. A nossa identidade se deve portanto manifestar no fogo da paixão apostólica.

Durante o ano de 2009 acharemos tempo e modos para aprofundar, meditar e rezar as Constituições. Elas nos indicam a via da fidelidade ao carisma de Dom Bosco e à nossa vocação. Se no decorrer do ano tivermos refeito e redescoberto os empenhos de santificação traçados pela nossa Regra de vida, então a renovação da profissão de 18 de dezembro será o fruto de uma caminhada de conversão e o ponto de partida para uma renovada entrega de nossa vida a Deus pelos jovens. Dever-se-ão valorizar especialmente a preparação e a celebração da profissão perpétua deste ano. Dedicar-nos-emos também ao estudo do documento do CG26 para conhecer-lhe a letra e assumir-lhe o espírito. O documento capitular é o semblante da Congregação hoje.

Desde o início constituíram a Congregação salesiana aqueles jovens do oratório, que se tinham deixado envolver pela paixão apostólica de Dom Bosco e pelo seu programa de vida. O ano de 2009 pede-nos racontemos aos jovens a história dos inícios da Congregação de que eles foram “co-fundadores” com Dom Bosco, e pede-nos outrossim envolvê-los cada vez mais no empenho apostólico pela salvação de outros jovens. O envolvimento apostólico dos jovens é o terreno natural em que cresce a vocação consagrada salesiana. São tantos os jovens no mundo que, partindo do empenho apostólico, se deixam também hoje fascinar por essa vocação. Tenhamos a coragem de propor-lhes a esses jovens a vocação consagrada salesiana! Faço votos por que este sexênio, a partir desta ocorrência do Sesquicentenário da nossa Sociedade, seja realmente um período de grande fecundidade vocacional.

A Estréia para 2009 nos estimula a considerar a nossa tarefa na Família Salesiana. Nascidos há 150 anos como Congregação, temos a consciência de que o nosso Pai não pensou somente em nós, mas desde sempre desejou criar um “vasto movimento de pessoas que, de várias maneiras, trabalham para a salvação da juventude” (C 5). Nele e na Família Salesiana temos especiais responsabilidades. Fomos pensados como evangelizadores dos jovens e como animadores de uma família carismática.

Desde agora nos caminhos formativos e espirituais, pessoais, comunitários e inspetoriais, poder-se-ão ter presentes estas especiais indicações. Constituí para isso uma Comissão, coordenada pelo Conselheiro para a
formação: ela vos oferecerá nos próximos meses alguns subsídios a respeito.

O Espírito de Cristo nos anime neste caminhar; N. Sra. Auxiliadora nos sustente com a sua solicitude materna; Dom Bosco seja nosso modelo e intercessor.

Cordialmente no Senhor,

P. PASCUAL CHÁVEZ VILLANUEVA
Reitor-Mor

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

POR UMA PARÓQUIA SINODAL

Na quarta-feira (25/01), as lideranças comunitárias e pastorais da paróquia Nossa Senhora das Graças em Ananindeua/PA, se reuniram no salão São José, da Igreja Matriz, para o primeiro encontro da

Leia mais

Está gostando deste Conteúdo? Compartilhe!

Ir para o Whatsapp
1
Precisa de ajuda?
Olá! Podemos te ajudar? 😀