EnglishFrenchGermanItalianPolishPortugueseSpanish


Notícias

Levar a mensagem da Cruz: nossa missão!

A CIAM dá novos passos no trabalho de animação missionária.

 “Aquele que não leva a mensagem da cruz, é porque não a entendeu” (Marvyo Darley)

Manaus/AM – Neste dia 24 de abril, nas estruturas do Colégio Dom Bosco Leste, a Comissão Inspetorial de Animação Missionária e Voluntariado se reuniu mais uma vez a fim de dar continuidade ao processo de reflexão no trabalho confiado a mesma. Com muita alegria, desta vez se fizeram presentes, praticamente todos os membros da equipe, com excessão do Ir. Dernival, que não pôde estar presente.

Para dar inicio as reflexões, Pe. Justino partilhou com a equipe um breve relato da experiência vivida em Turim no Encontro Mundial dos Animadores Missionários, motivando a todos os presentes, a sentirem a nível de congregação, a beleza da missão confiada a cada um de nós.

O motivo central deste encontro foi fazer com que a equipe refletisse o plano de ação da mesma, com a finalidade de construir e analisar com todos os membros, as propostas presentes e suscitar novas idéias. Várias foram as propostas refletidas.

É preciso criar e cultivar na inspetoria uma cultura missionária onde todos os irmãos e obras se animem com o trabalho missionário, criem um diálogo com essa cultura e se doem por ela, a fim de que cresça sempre mais o ardor missionário de cada um. É preciso também pensar em uma modalidade informativa e formativa inspetorial para tratar das questões missionárias.

Precisa-se manter um rodízio de alimentação do Portal da ISMA sobre a temática missionária, a socialização do informativo Cagliero 11 e da intenção missionária geral da congregação, que é lançada todos os meses. Se daráa continuidade as celebrações missionárias de cada mês, dando ênfase nas comunidades e nas obras ao dia missionário salesiano. Com o apoio de toda a equipe, haverá uma socialização dos novos conceitos de missionariedade, principalmente dos existentes no Documento de Aparecida.

Outra questão que foi refletida foi o voluntariado, a comissão acredita que esta experiencia deve ser sistematizada, a fim de que aquele que a vive possa amadurecer sempre mais sua fé. Não é uma experiencia somente de cunho vocacional ou social, mas sobretudo de evangelização. Será necessária uma preparação tanto do canditato, quanto da comunidade que irá recebe-lo para que a convivência seja favorável a ambos. É bom também que sempre seja valorizado o trabalho de todos aqueles que de modo simples ajudam na evangelização, com a doação de si no serviço como catequistas e animadores de nossas obras e comunidades.

É necessario resgatar diversos documentos inspetoriais que refletem sobre o trabalho de animação e articulação missionária, destacam-se entre eles o Projeto Inspetorial VIVA (Voluntariado Inspetorial para a Vida na Amazônia) e o Projeto Rio Negro.

Precisa-se somar forças com a Pastoral Juvenil, para que muitas pessoas se disponham a trabalhar em conjunto, pois a CIAM faz parte do âmbito pastoral da inspetoria.

Enfim, meus caros irmãos e amigos, nosso ardor missionário não pode se apagar e devemos sempre lembrar que cada um de nós, enquanto batizados, somos enviados a missão. Seja onde for, façamos de tudo para anunciar a todos  o evangelho da cruz, da essurreição e da Alegria.

Por Wellington Abreu, sdb
– Secretário da Comissão Inspetorial de Animação Missionária

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

POR UMA PARÓQUIA SINODAL

Na quarta-feira (25/01), as lideranças comunitárias e pastorais da paróquia Nossa Senhora das Graças em Ananindeua/PA, se reuniram no salão São José, da Igreja Matriz, para o primeiro encontro da

Leia mais

Está gostando deste Conteúdo? Compartilhe!

Ir para o Whatsapp
1
Precisa de ajuda?
Olá! Podemos te ajudar? 😀