EnglishFrenchGermanItalianPolishPortugueseSpanish


Notícias

Itália – CG26: “No berço do nosso carisma”

“Ser sinais e portadores do amor de Deus aos jovens”. Com estas palavras pronunciadas pelo Reitor-Mor, P. Pascual Chávez, durante a Celebração eucarística, na igreja de São Francisco de Assis, de Turim, abriu-se ontem o Capítulo Geral 26 e a peregrinação que até segunda-feira, 25 de fevereiro, levará os 233 delegados aos lugares salesianos do Fundador.

“Parece-me estimulante e propositivo – disse o P. Chávez durante a homilia – o fato de começar o Capítulo Geral exatamente no berço do nosso carisma, no lugar onde Dom Bosco ensinava catecismo, à escola do seu mestre espiritual, P. José Cafasso. Não há dúvidas de que o seu contato com o P. Cafasso no ‘Colégio Eclesiástico’ e com os rapazes, aqui na Igreja de São Francisco de Assis, jogou um papel decisivo na vida e missão de Dom Bosco. Parece-me significativo, e por isso vo-lo sublinho – acrescentou o Reitor-Mor – que ‘os primórdios do nosso Oratório’ tenham sido um encontro com um jovenzinho enquanto Dom Bosco pensava em ‘ser padre’ celebrando a Eucaristia”.

A lembrança do encontro com o jovem Bartolomeu Garelli, “o primeiro aluno” de Dom Bosco, foi o fio condutor da fala do P. Chávez, fala que desejou sintetizar em três pontos, três propósitos para o início do Capítulo Geral: “Partir do lugar onde a Congregação teve início, considerar proeminente a missão apostólica dirigida a formar pastores, mas sobretudo rememorar a verdadeira missão: aquela caridade educativo-pastoral dedicada à salvação dos jovens”.

O primeiro dia turinês dos capitulares começou com a visita à igreja de S. Francisco de Assis, a que se seguiu a meditação silenciosa e a concelebração presidida pelo P. Chávez. O encontro fraterno continuou depois de noitinha no Teatro Valdocco onde o grupo teatral “L’Alfa e L’Omega de Joanne Bosco”, de Caluso (Turim) dirigido por Nicolò Agrò e Paulo Fórmia apresentou o musical intitulado “Vamos, meninos”, com o qual, através da encenação de Dom Bosco, Mamãe Margarida, Maria Mazzarello e outros personagens, foi apresentada a figura, o trabalho e a atualidade do Santo dos jovens.

Antes de finalizar, o Reitor-Mor quis assim encerrar o primeiro dia da romaria: “Hoje – disse – tivemos tantos estímulos vindos de lugares significativos e importantes reflexões, que nos permitirão introduzir-nos melhor no Capítulo Geral, centrado no tema “Da mihi animas, cetera tolle”. Olhando os delegados capitulares provenientes de todos os continentes pode-se afirmar quanto Dom Bosco e o seu carisma vivam hoje lá onde estão os jovens, esses “ladrões do coração” aos quais os salesianos de todo o mundo dedicam a própria vida”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

POR UMA PARÓQUIA SINODAL

Na quarta-feira (25/01), as lideranças comunitárias e pastorais da paróquia Nossa Senhora das Graças em Ananindeua/PA, se reuniram no salão São José, da Igreja Matriz, para o primeiro encontro da

Leia mais

Está gostando deste Conteúdo? Compartilhe!

Ir para o Whatsapp
1
Precisa de ajuda?
Olá! Podemos te ajudar? 😀