EnglishFrenchGermanItalianPolishPortugueseSpanish


Notícias

IR. JARBAS VALENÇA DE MELO

Faleceu nesta manhã (09/07/08) às 06:30hs, o Sr. Jarbas Valença de Melo, irmão coadjutor, que nasceu em 10 de abril de 1927, em Recife – Pernambuco. Tinha 81 anos e 59 de vida salesiana. Era filho de Francisco Lopes de Melo e Noêmia Valença de Melo. Seu primeiro contato com os salesianos foi no Colégio Sagrado Coração de Jesus em Recife, onde observando o jeito de ser dos padres e irmãos que ali trabalhavam, resolveu experimentar a vida religiosa, o amor de Deus e principalmente seu amor pelos jovens pobres e abandonados.

Em 1949, fez o noviciado em Jaboatão, região metropolitana do Recife, e aí também fez sua primeira profissão. Depois disso, foi enviado a Iauareté – Amazonas, onde ficou de 1949 a 1954, quando retornou a Jaboatão para fazer sua profissão perpétua em 31 de janeiro de 1955.

Fascinado pelas maravilhas e também pelo desafio de evangelizar o Rio Negro, voltou para Iauareté onde ficou de 1955 a 1958, trabalhando incansavelmente pela juventude do local. Depois disso, ficou 06 anos em Pari-Cachoeira, outra frente de trabalho e evangelização que necessitava de seus cuidados. Foi transferido para Santa Isabel em 1965 onde ficou até 1968. De 1969 a 1974, foi a vez de São Gabriel da Cachoeira, contar com a sua vitalidade e empenho. Em 1975, foi enviado para Escola Salesiana do Trabalho em Sacramenta – Belém, onde ficou apenas um ano, pois logo voltou a sua querida Santa Isabel, onde permaneceu por mais cinco anos.

Em 1981, veio para Manaus, para ficar no Centro Educacional Domingos Sávio. Mas, acreditava que seu lugar era no Rio Negro, que lá havia muitas fronteiras a serem desbravadas e logo retornou a Santa Isabel para desempenhar a função de ecônomo da comunidade. De 1985 a 1991, voltou para Pari-Cachoeira, lugar onde trabalhou logo no início de sua vida missionária dedicada aos povos indígenas. De 1993 a 2001 foi ecônomo da Comunidade do Içana.

Em 2002, com a saúde um pouco abalada, veio para Manaus, para ficar no Pró-Menor Dom Bosco como conselheiro da comunidade local, onde ficou até 2005. Estava na Casa Inspetorial a mais ou menos três anos, para cuidar da saúde, que foi se agravando devido às complicações do diabetes e problemas cardíacos.

Este dedicado irmão coadjutor, admirador de futebol, soube através do esporte conquistar os jovens, suas famílias e todos aqueles a que estavam à sua volta.
Que a mãe Auxiliadora – pois foi ela quem tudo fez – acompanhe o nosso irmão no encontro definitivo com Jesus, o Bom Pastor e nosso querido pai Dom Bosco.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

POR UMA PARÓQUIA SINODAL

Na quarta-feira (25/01), as lideranças comunitárias e pastorais da paróquia Nossa Senhora das Graças em Ananindeua/PA, se reuniram no salão São José, da Igreja Matriz, para o primeiro encontro da

Leia mais

Está gostando deste Conteúdo? Compartilhe!

Ir para o Whatsapp
1
Precisa de ajuda?
Olá! Podemos te ajudar? 😀