EnglishFrenchGermanItalianPolishPortugueseSpanish


Notícias

Eleições 2010

Prefiro navegar na internet!

No próximo dia 03 de outubro muitos de nós iremos às urnas para escolher nossas “vozes” no Estado de Direito. Uma tarefa importante. Outro dia no programa de rádio que faço na Riomar um jovem afirmou: “Não gosto de política. Prefiro navegar na internet”. Na minha resposta disse a ele que o fato de se fechar no quarto para não falar de política não significa que ele esteja fugindo da política; aliás, ele está assumindo uma atitude política de omissão. Algumas pessoas pensam que evitar o debate ou fugir da urna porque muitos políticos são corruptos, prometem e não fazem, gastam milhões em campanha num país de fome, etc, é uma atitude democrática e de protesto. Eu respeito, mas não aprovo. Navegar na internet pode ser mais interessante que enfrentar fila, escolher um candidato, investir na mudança. Contudo, o país continuará a navegar no marasmo das omissões e da ditadura do populismo. Navegar sim, e votar também!

Concordo com a opinião de alguns jovens quando dizem que a política é um vicio crônico. Eles votam e se decepcionam. Estão cansados. Impressiona a quantidade exorbitante de dinheiro que é gasto – milhões – nas campanhas, enquanto outros milhares de seres humanos sofrem as consequências da fome, da violência, das injustiças, do desemprego, das filas nos postos de saúde e nos hospitais, no terrível sistema de transporte urbano, na insegurança e extermínio de jovens em nossos bairros periféricos e interior. É um cenário que entristece. É também desconcertante que muitos candidatos/as descobriram que o interior do Estado está abandonado. Todos falam que vão melhorar a vida do homem e da mulher do interior. O discurso chega a ser demagógico e leviano. O curral de muitos candidatos é o interior cada vez mais pobre e abandonado. O Êxodo ribeirinho e indígena está ai para confirmar.

Navegar na internet e esquecer este cenário é uma tentação. Ainda mais quando o quadro político é medíocre e repleto de velhas promessas. Políticos que transformaram o mandato em forma de enriquecimento, igrejas que lançam candidatos para beneficio próprio, artistas que se lançam ridicularizado ainda mais o processo eleitoral, candidatos despreparados, desvios de dinheiro e propinas. É claro que a juventude está cansada de ver impotente tamanho desmando. O que fazer? Navegar na internet e esquecer que há um mundo lá fora? As promessas, por outro lado, são chavões antigos que marcam a falta de seriedade de alguns candidatos. É uma vergonha!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

BOSCOFOLIA 2024

No dia 13 de fevereiro, o Pró Menor Dom Bosco, na Zona Leste de Manaus, foi palco de uma celebração única neste Carnaval. O BoscoFolia

Leia mais

Está gostando deste Conteúdo? Compartilhe!

plugins premium WordPress
Ir para o Whatsapp
1
Precisa de ajuda?
Olá! Podemos te ajudar? 😀