EnglishFrenchGermanItalianPolishPortugueseSpanish


Notícias

DOM BOSCO E A IMACULADA CONCEIÇÃO DE MARIA.

Por P. João Mendonça

 

Quando Dom Bosco começou sua atividade missionária com os jovens pobres da cidade de Turim/Itália, 1841, a devoção à  Imaculada ainda não era oficial na liturgia da Igreja. É certo que já existia uma referência a este título em alguns países, mas não era algo reconhecido.
Em 1854, o papa Pio IX, após um longo estudo que chega até o século XVII, quando começou a aparecer esta devoção na piedade popular, com o consenso de numerosos teólogos, proclamou oficialmente o dogma da Imaculada Conceição de Maria, comparando-a à Mulher do Apocalipse (cap. 12). No oratório de Valdocco Dom Bosco organizou uma grande festa com os meninos, precedida por uma novena com pedidos à Mãe Imaculada.
Quando o próprio Dom Bosco, em 1862, decide invocar Maria como a fundadora e protetora de sua obra ele uniu o titulo de Imaculada ao de Auxiliadora, ficando assim; MARIA IMACULADA AUXILIADORA DOS CRISTÃOS.
Como marco de sua obra com os jovens ele fez questão de enfatizar que tudo começou no dia 08/12/1841, exatamente para dizer que foi ela que tudo fez.
VIVA A IMACULADA CONCEIÇÃO.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

POR UMA PARÓQUIA SINODAL

Na quarta-feira (25/01), as lideranças comunitárias e pastorais da paróquia Nossa Senhora das Graças em Ananindeua/PA, se reuniram no salão São José, da Igreja Matriz, para o primeiro encontro da

Leia mais

Está gostando deste Conteúdo? Compartilhe!

Ir para o Whatsapp
1
Precisa de ajuda?
Olá! Podemos te ajudar? 😀