EnglishFrenchGermanItalianPolishPortugueseSpanish


Notícias

Damas Salesianas: co-responsabilidade e afetividade a serviço da missão

Nosso ideário nos define como: “Uma associação privada de fiéis, integrada exclusivamente por mulheres batizadas, que se propõe realizar o projeto de Dom Bosco em sua versão leiga, de ser símbolos e portadoras do amor de Cristo ressuscitado”.


“Nascemos como salesianas leigas, assumindo o carisma, a missão, o espírito e o método de ensino de Dom Bosco”. Daí a essência do amor fraterno entre todas.


E porque somos uma associação de pessoas vivas, nosso amor deve ser um amor ativo, porque “não basta amar, é necessário fazer-se amar”.



Cumpre-se, portanto, a recomendação de Dom Bosco feita a Domingo Savio, quando esse sentiu a necessidade de santificar-se: “O primeiro conselho que recebeu para transformar-se em santo foi trabalhar angariando almas para Deus”.



Quando Deus chama, o faz para fazer cumprir uma missão em sua Igreja e no mundo. Para missões especiais, convocações especiais.



Por isso as Damas Salesianas reconhecem que pertencem à família salesiana por gratuita iniciativa do Espírito Santo. E essa segurança de ser obra do Espírito Santo nos leva a “viver na santidade e em contínua renovação…, atentas aos sinais dos tempos e às realidades históricas, praticando os ensinamentos de Dom Bosco em toda sua extensão e circunstâncias”.



“Nossos valores tipicamente femininos, nossa sensibilidade especial sobre o humano e o divino, sobre a vida, sobre o diálogo e a comunicação, são considerados hoje como uma expressão histórica indispensável”.



De fato, “a atual história do mundo, a história da Igreja e a história do catolicismo social… exigem a presença da mulher para o desfecho final da única história da Salvação”.



O Papa Paulo VI dizia que: “é chegada a hora dos leigos”, e dessa hora pelo menos 35 minutos são para a mulher.O Padre Egidio Viganó, Reitor Principal da família salesiana, aos 10 de Maio de 1987, dizia às Damas Salesianas, reunidas em Caracas: “As senhoras, Damas Salesianas, me fizeram pensar na necessidade de um grande movimento leigo, porque a história da salvação começa com Maria e não é possível pensar na salvação do mundo sem a mulher, sem os valores femininos”.



Porque a mulher “tem as características da profundidade espiritual, a capacidade de perceber, de intuir as questões de valor que faltam aos homens. Por isso penso na mulher como futuro projeto na Igreja e na Família Salesiana”.



As Damas Salesianas têm, portanto, uma vocação leiga de fronteiras e evoluída na sociedade e no mundo. Não são freiras, nem sua vocação se realiza por trás de muros, conventos ou Igrejas, mas em conjuntura com o mundo.



VIVEM NO MUNDO E COM O MUNDO. Por isso, devem ser identificadas não só pelo que fazem, mas pelo modo como o fazem. E em qualquer lugar onde se encontre uma Damas Salesiana, esta pode ser reconhecida pelo amor que brota de todo o seu ser, exatamente porque É UMA DAMA SALESIANA.



Por cada um desses motivos aqui resumidamente impressos, é que esse grupo deve ter por parte dos demais membros da família salesiana, um olhar de acolhida, aproximação e re-conhecimento por seus feitos e obras.



Assim fazendo, muitas mulheres que hoje na sociedade buscam uma forma de encontrar com o divino, encontraram na Família Salesiana seu espaço.



Por Myriam freitas



Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

CURATORIUM DO CRESCO

No dia 22 de fevereiro em Tlaquepaque, Jalisco, México, os Inspetores das regiões do Cone Sul e Interamérica se reuniram para participar do Curatorium do

Leia mais

BOSCOFOLIA 2024

No dia 13 de fevereiro, o Pró Menor Dom Bosco, na Zona Leste de Manaus, foi palco de uma celebração única neste Carnaval. O BoscoFolia

Leia mais

Está gostando deste Conteúdo? Compartilhe!

plugins premium WordPress
Ir para o Whatsapp
1
Precisa de ajuda?
Olá! Podemos te ajudar? 😀