EnglishFrenchGermanItalianPolishPortugueseSpanish


Notícias

Congresso sobre o Sistema Preventivo

A Congregação salesiana está empenhada num Congresso mundial sobre o Sistema Preventivo (SP) e Direitos Humanos (DH), um tema que já agora, mas sobretudo nos próximos anos, envolverá numa profunda reflexão toda a Família Salesiana (FS), as pessoas que colaboram conosco na educação dos jovens, todo o mundo da educação.

A iniciativa parte do Dicastério da Pastoral Juvenil, apoiado pelo VIS, Voluntariado Internacional para o Desenvolvimento -, que se fez promotor dois anos faz desta idéia junto ao Reitor-Mor e foi encarregado de organizar a iniciativa.

A ESTRÉIA 2008

O Reitor-Mor, que já havia programado a reatualização do Sistema Preventivo, partilhou imediatamente a idéia, tornando-a operativa: ao P. Antonio Domenech, em colaboração com o VIS, confiou a tarefa de preparar este itinerário formativo do Congresso mundial, mas sobretudo lançou a belíssima Estréia para 2008 que engloba exatamente o espírito, os objetivos e a metodologia do Congresso. Quatro afirmações claras e incisivas:

1. Eduquemos com o coração de Dom Bosco
2. visando o desenvolvimento integral da vida dos jovens
3. sobretudo dos mais pobres e necessitados
4. promovendo os seus direitos

No seu comentário o Reitor-Mor convidou toda a FS a tomar consciência do tesouro do Sistema Preventivo de Dom Bosco, não só a aprofundar os seus conteúdos para responder com mais eficácia aos grandes desafios que hoje se nos deparam na área educativa mas também a renovar a sua prática.

Mas indica especialmente como um dos pontos a desenvolver a educação aos direitos humanos, especialmente aos direitos das crianças e adolescentes, como um caminho privilegiado para realizar, nos diferentes contextos, o empenho:

• de prevenção
• de desenvolvimento humano integral
• de construção de uma sociedade mais justa

COMO FOI RECEBIDA A ESTRÉIA

1. Em muitos dos comentários à estréia preparados pelas equipes salesianas de pastoral, a reflexão se deteve na recuperação histórica da intuição de Dom Bosco ou nos componentes pedagógicos do Sistema Preventivo.

2. Houve quem levasse em consideração as ideologias massificantes que reduzem o desenvolvimento aos indicadores econômicos e sociais, privando-o dos componentes espirituais e religiosos.

3. Poucas as reflexões que enfrentaram os desafios dramáticos do novo contexto social com quase um bilhão de jovens em situações de uma inaceitável criminosa crueldade

4. Quase ninguém se interessou por redescobrir o valor profético de Dom Bosco, que embora sem usar a linguagem dos direitos humanos se antecipou, nos conteúdos, com o protagonismo educativo dos seus jovens e com a visão do desenvolvimento integral de cada um dos jovens, proposto como o objectivo principal do Sistema Preventivo.

Este Congresso quer ajudar-nos a redescobrir a indispensabilidade dos quatro componentes.


IMPORTÂNCIA DE APROFUNDAR A REFLEXÃO

No seu comentário à estréia, o Reitor-Mor afirma:

1. Praticamente voltamos agora a nos encontrar com um mundo salesiano que já está reformando o Sistema Preventivo, mas sem ter feito a reflexão: acharam como Dom Bosco a resposta, mas sem a reflexão.

2. Estou convencido de que a nossa educação deve chegar à cultura, porque o problema é cultural e estrutural. O problema não é a pobreza, mas a cultura

3. Esta é uma proposta revolucionária, sobretudo quando se deve transmitir aos educadores, aos irmãos, que encontrarão dificuldade em mudar a própria mentalidade. Acho que se não tivermos consciência… então sem nos darmos conta estaremos entrando a fazer parte do sistema que privatiza a riqueza e socializa a pobreza.

4. Não podemos continuar a pensar no Sistema Preventivo como se na área da antropologia, da pedagogia, da teologia, não tivesse havido nenhuma evolução desde os tempos de Dom Bosco.

5. Em suma, o Sistema Preventivo transforma tanto o educador quanto o educando num protagonista consciente, responsável pelo dever de defender e promover os direitos humanos, para o desenvolvimento humano pessoal e de todo o mundo.

UM CAMINHO EM TRÊS TEMPOS

O Congresso não será um evento esporádico isolado, mas o resultado de um percurso participativo já iniciado e que continuará durante todo o ano de 2008, voltado a envolver salesianos e leigos do mundo inteiro na formação, reflexão, aprofundamento, animação e experimentação deste tema, capaz de dar início a um sucessivo efeito multiplicador em nível local.

PRIMEIRO TEMPO – ano de 2008

A preparação e o caminho prévio de formação participativa é cuidado por uma Comissão científica; está-se fazendo o mapeamento das pessoas, dos centros de estudos, das publicações já presentes na Congregação; por meio de uma plataforma internet é possível colocar em rede todas estas pessoas e socializar as suas publicações e as suas experiências. Por essa plataforma, acessível a todos em qualquer parte do mundo, é possível seguir cursos de auto-formação participativa ou dialogar sobre temas específicos, inserir contribuições ou retirar subsídios. Sobretudo, fazer conhecer as boas práxis educativas já em ato.

SEGUNDO TEMPO – 2-6 de janeiro de 2009

A celebração do Congresso deveria concentrar-se no exame sério dessas boas práxis a fim de as poder relançar ao mundo todo, como estrada que se pode correr, rumo a uma educação que prepare o cidadão do mundo novo nesta era de globalização: com os aprofundamentos temáticos alternar-se-ão atividades de laboratório pedagógico. O que se deve iniciar é um renovamento do Sistema Preventivo, isto é, compreender o que significa torná-lo realmente atual. E isto não nos empenhará somente até o dia 2 de janeiro de 2009, quando o Congresso se realizará. Deverá continuar.


TERCEIRO TEMPO – 2009…

Muito mais importantes serão os meses, os anos que seguirão, porque cada Região salesiana poderá celebrar congressos de socialização; cada Inspetoria poderá rever os objectivos, a metodologia, a práxis educativa.

Tendencialmente, deveria criar-se um vasto movimento que envolva todos os educadores e que, inspirando-se em Dom Bosco, aprofunde o valor educativo e programático da promoção e proteção dos direitos humanos como um instrumento eficaz para atualizar o Sistema Preventivo. Deveria continuar a reflexão nas diferentes culturas para a formação do jovem de hoje, e portanto do profissional de amanhã, à cidadania ativa, democrática, responsável, radicada numa antropologia de comunhão e inspirada em valores transcendentes; uma formação ao protagonismo social, que dê origem a um desenvolvimento humano difundido que torne possível a cada jovem ser “feliz hoje e sempre”.

OBJETIVOS DO CONGRESSO

Sensibilizar todos os agentes e educadores salesianos a aprofundar e promover o seu empenho na educação aos direitos humanos, como via privilegiada também nos normais contextos educativos (oratório, escola, comunidade) para formar “salesianamente” o cidadão. (Pascual Chávez, Educação e Cidadania, ‘Lectio magistralis’ para a Láurea ‘Honoris Causa’, Gênova, 23 de abril de 2007).
Colaborar na reatualização do Sistema Preventivo de Dom Bosco como caminho para prevenir e recuperar os jovens, sobretudo os mais periclitantes, e para a transformação da sociedade, promovendo a educação aos direitos humanos como linguagem da educação integral dos jovens hoje.

DESTINATÁRIOS

Toda a Congregação e, possivelmente, toda a Família Salesiana, os educadores. Não queremos que este Congresso seja um evento final, mas que seja a ocasião para promover na Congregação, e sobretudo em cada Inspetoria e casa, uma maior sensibilidade e prática da educação integral e da promoção dos direitos humanos, especialmente dos direitos das crianças e dos adolescentes.

Por isso estamos promovendo nas 97 Inspetorias, durante o ano de 2008, um percurso de sensibilização, reflexão e experimentação, encorajados pela Estréia.

O Congresso e o pós-congresso será a ocasião para partilhar e aprofundar esta caminhada das Inspetorias na prática renovada do Sistema Preventivo de Dom Bosco na área dos direitos das crianças e adolescentes, e para orientar no futuro uma práxis ainda mais consciente e compartilhada.

PEDIDO DE COLABORAÇÃO

A cada um de vós pedimos uma colaboração essencial para a preparação do Congresso: fazer-nos conhecer experiências significativas já em ato na vossa Inspetoria, indicar-nos o nome dos irmãos que fizeram pesquisas ou publicações sobre os direitos humanos ou sobre o Sistema Preventivo.

Aos Inspetores especialmente, o P. Antonio Domenech havia pedido a indicação do nome de um irmão que possa manter contatos conosco e ser o ponto de referência na Inspetoria. Poucas as respostas que nos chegaram, mas ainda se pode remediar. Permito-me aconselhar-vos encarregar para esta tarefa o Delegado de Pastoral Juvenil da Inspetoria.

A vossa colaboração é importante para que esta iniciativa possa despertar nas Inspetorias e comunidades um renovado empenho para a reatualização do nosso tesouro educativo herdado de Dom Bosco a serviço dos jovens mais em perigo.
Afirma ainda o Reitor-Mor: “A educação aos direitos humanos, especialmente aos direitos das crianças e adolescentes, é o caminho privilegiado para realizar nos diversos contextos este empenho de prevenção, de desenvolvimento humano integral, de construção de um mundo mais équo, mais justo, mais salubre. Parafraseando uma feliz expressão de Paulo VI, na “Populorum Progressio”, ousaria dizer queo novo nome da paz é a educação à defesa e à promoção dos direitos humanos”. Esta iniciativa inspirada pela Estréia de 2008 colaborará para despertar na Congregação o empenho por viver o Sistema Preventivo com mais consciência e com mais eficácia, como expressão da paixão apostólica do “Da mihi animas cetera tolle”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

POR UMA PARÓQUIA SINODAL

Na quarta-feira (25/01), as lideranças comunitárias e pastorais da paróquia Nossa Senhora das Graças em Ananindeua/PA, se reuniram no salão São José, da Igreja Matriz, para o primeiro encontro da

Leia mais

Está gostando deste Conteúdo? Compartilhe!

Ir para o Whatsapp
1
Precisa de ajuda?
Olá! Podemos te ajudar? 😀