EnglishFrenchGermanItalianPolishPortugueseSpanish


Notícias

CONGRESSO INTERNACIONAL: “SISTEMA PREVENTIVO E DIREITOS HUMANOS” – II DIA    

No segundo dia de Congresso as reflexões se detiveram sobre o estudo das características do atual contexto pós-moderno no qual estamos vivemos. O padre Carlos Nani, professor do curso de Ciências da Educação da Universidade Pontifícia Salesiana de Roma, iniciou a jornada de reflexões apresentando o tema “As prioridades educativas diante das características ambíguas da globalização”. O palestrante elencou as seguintes características da globalização: empreendimentos internacionais que estimulam o mercado mundializado. As grandes empresas não se preocupam somente em produzir bens e serviços para um determinado contexto, mas para o mundo e disso emergem oportunidades de negócios em todo o planeta; o uso de novas tecnologias, sobretudo, na área da comunicação que tudo condiciona (informática, telemática, bio-tecnologia…); o surgimento de uma nova sensibilidade cultural que prioriza novos valores tais como, o da eficiência, da qualidade, do sucesso, da beleza, do lucro…; a inter-culturalidade estimulada pelo mercado, pela telemática (internet) e o fenômeno da imigração; a nova sensibilidade ético-religiosa que centra sua atenção sobre o próprio sujeito que reivindica valores como o respeito pelas suas escolhas pessoais e tolerância etc.

Segundo o professor Nani, trata-se, porém, de características ambíguas porque não são totalmente saudáveis e trazem consigo outro lado: o mercado mundializado gera o imperialismo capitalista que colabora para a exclusão de milhões de pessoas que não têm acesso aos mesmos bens de consumos de outros povos; a corrida tecnológica nem sempre está a serviço da vida e, por vezes, se torna uma verdadeira arma contra o próprio ser humano gerando sérias questões éticas (como a clonagem, uso de células troncos embrionárias etc); o conjunto da nova sensibilidade de valores traz consigo outros males tais como: o subjetivismo que gera o individualismo e o relativismo ético não deixando espaço para o “nós”; a inter-culturalidade é um novo fenômeno, mas nem todas as culturas são tratadas da mesma forma, há o imperialismo de umas culturas sobre outras que se impõe de diversas formas; a nova sensibilidade religiosa é de caráter intimista e com frágil relevância ético-social. Tudo isso constitui um grande desafio para a educação pautada sobre os direitos humanos.

Diante dessa realidade o Sistema Preventivo pode contribuir com sua riqueza humana, ética e religiosa. O Sistema Preventivo pode colaborar através de uma educação que traga consigo uma sensibilidade profundamente ética capaz educar para a Solidariedade, para o Diálogo intercultural visando a experiência da acolhida, do respeito pela diversidade culturais e compromisso múltiplos de cidadania.

Continuando refletindo sobre o mesmo contexto pós-moderno, o padre Jean Marie Petitclerc, salesiano diretor da Associação Valdocco, uma instituição salesiana que trabalha com jovens pobres e marginalizados nas periferias de Paris, reconhecendo a realidade infanto-juvenil dos nossos dias marcada pela solidão, desconfiança, drogadição, desocupação, violência e falta de sentido para a vida, apresentou o Sistema Preventivo como resposta pedagógica que traz consigo uma sensibilidade pluridimensional. Para ele o Sistema Preventivo é a pedagogia da Confiança, da Esperança e da Aliança.

A pedagogia da Confiança estimula a relação sincera e amistosa com os interlocutores capaz de favorecer o surgimento da amizade e o conseqüente desaparecimento da experiência da solidão. A Pedagogia da Esperança é o Sistema Preventivo na sua sensibilidade para com o futuro do Jovem que o estimula a pensar em projeto de Vida e a sair da experiência do “presentismo estático”. Enfim, a pedagogia da Aliança significa a sensibilidade salesiana pelo trabalho educativo estimulando a corresponsabilidade do educando. Sem parceria entre educador, educando e sua família o desafio educativo dificilmente terá bom êxito.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Dia Nacional do(a) Educador(a) Social

Nesta terça-feira (19) é celebrado o Dia Nacional do(a) Educador(a) Social. Este dia é dedicado a homenagear aqueles que desempenham um papel crucial junto a pessoas em situação de vulnerabilidade. Seguindo

Leia mais

Está gostando deste Conteúdo? Compartilhe!

plugins premium WordPress
Ir para o Whatsapp
1
Precisa de ajuda?
Olá! Podemos te ajudar? 😀