EnglishFrenchGermanItalianPolishPortugueseSpanish


Notícias

Condolências pela Madre Marinella Castagno

Nizza Monferrato/Itália  – Faleceu ontem (5 de fevereiro) às 18h10, em Nizza Monferrato, a Madre Marinella Castagno, VII Superiora Geral das Filhas de Maria Auxiliadora, depois de Maria Domingas Mazzarello.

Recebida a notícia, o Vigário do Reitor-Mor, P. Adriano Bregolin, enviou mensagem de condolências à Madre Yvonne Reungoat e às Conselheiras Gerais.

Madre Marinella, como Superiora Geral, viveu sazão apostólica intensa, tanto do ponto de vista eclesial, nos anos laboriosos e fecundos do pós-concílio, participando de dois Sínodos dos Bispos, quanto do ponto de vista histórico e político, quando, com a queda da Cortina de ferro, em 1989, abriu novas presenças e realidades apostólicas na Europa do Leste Europeu.

Durante o seu mandato teve a alegria de ver a Beatificação da jovem Laura Vicuña e da Madre Madalena Morano, momentos fortes e preciosos no interior de uma vida cotidiana ativa e devotada à animação e ao governo do Instituto das FMA.

Certamente impressionou-nos a sua grande doação apostólica durante os anos que se seguiram a seu  encargo de Superiora Geral, com a pregação de Exercícios às Coirmãs, o acompanhamento a cursos de formação, a vizinhança às jovens irmãs que participavam das sessões preparatórias à Profissão Perpétua junto à Casa-Mãe, em Mornese.

Vós porém a conhecestes muito melhor: com maior razão podereis assim render louvores a Deus por sua longa e fecunda vida e por quanto ofereceu ao Instituto.

Participamos deste evento com espírito cristão, fortes na fé da Ressurreição de Jesus e certos de que Ele compartilha com a Ir. Marinella e com cada um de nós de uma vida sem fim nas Alegrias do Céu.

Somo-vos vizinhos, Madre e Caríssimas Irmãs do Conselho, com o afeto, a oração de sufrágio pela Ir. Marinella e a oração de consolação por quantos a conheceram e amaram”.

O Reitor-Mor foi informado da morte da Madre Castagno durante o sua viagem de retorno de Burundi.

Nascida em 21 de maio de 1921 em Bagnolo, Piemonte, Itália, estudou com as Filhas de Maria Auxiliadora em Giaveno e Turim. Em 1946, com 24 anos, foi recebida como postulante e no dia 5 de agosto de 1948, em Turim, onde frequentou o noviciado, fez os votos como Filha de Maria Auxiliadora. Na mesma cidade trabalhou por 18 anos como assistente, professora e conselheira escolar.

De 1965 a 1971 foi Diretora da Casa Inspetorial, de Milão. Em 1973 a Ir. Castagno foi chamada a substituir a Madre Elba Bonomi como Conselheira Geral; e no Capítulo Geral de 1975 foi oficialmente eleita Conselheira para a PJ, encargo que lhe foi confirmado em 1981 acrescido daquele para as Ex-Alunas. No Capítulo Geral de 1984, depois da morte da Madre Rosetta Marchese, foi eleita Superiora Geral e confirmada no Capítulo Geral 19, de 1990.

Fonte: ANS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

CURATORIUM DO CRESCO

No dia 22 de fevereiro em Tlaquepaque, Jalisco, México, os Inspetores das regiões do Cone Sul e Interamérica se reuniram para participar do Curatorium do

Leia mais

BOSCOFOLIA 2024

No dia 13 de fevereiro, o Pró Menor Dom Bosco, na Zona Leste de Manaus, foi palco de uma celebração única neste Carnaval. O BoscoFolia

Leia mais

Está gostando deste Conteúdo? Compartilhe!

plugins premium WordPress
Ir para o Whatsapp
1
Precisa de ajuda?
Olá! Podemos te ajudar? 😀