EnglishFrenchGermanItalianPolishPortugueseSpanish


Notícias

Comunidades Eclesiais de Base: Ecologia e Missão

Porto Velho/RO – Neste período de férias, em Porto Velho, os/as Salesianos/as somaram forças, disponibilizando suas estruturas de educação, para determinar e aprofundar a presença evangelizadora da Igreja nestas terras de rios, matas, serrados e de um povo generoso e trabalhador, geralmente de raízes em outras regiões do país, mas de coração aberto e construtor no território que escolhera para firmar valores e educar as gerações aqui nascidas. Foi o 12º Inter-eclesial, entre os dias 21 a 25 de julho.

Nossas obras (Paróquia/Colégio/Obra Social) estiveram presentes interagindo entre si e com a Igreja local para fazer acontecer este evento tão importante como povo de Deus, tendo presente sua ação no território brasileiro. Todas as dioceses do Brasil estiveram presente com suas características peculiares, o que deu maior brilho ao acontecimento. Foram culturas interligando e construindo uma grande rede de reflexão, indicação e encaminhamentos em vista do Reino de Deus nesta imensa Amazônia; para este país gigante chamado Brasil, terra de todos os Santos, por Deus abençoado, cuja mãe e padroeira é a Virgem Maria com o título de APARECIDA.

Conduzido com a estrutura própria da nossa compreensão e linguagem, os trabalho se desenvolveram na linha de: PORTO-RIO-CANOA. O GRANDE PORTO foi o SESI, para onde todas as delegações convergiam, desde a chegada, decisões e plenárias dos encaminhamentos para o próximo encontro. Os RIOS; foram os locais das reflexões, alojamentos, alimentação e convivência. A CANOAS era as salas dos pequenos grupos de estudos, de onde saíram as idéias para a construção da plenária maior, que orientará o caminhar do povo-igreja até o próximo acontecimento que será na região do CARIRI (Juazeiro/Crato…) no estado do Ceará

A paróquia de Fátima, com suas equipes de trabalhos, articulada ao Colégio Dom Bosco e ao Centro Salesiano do Menor; conduziu o “RIO TAPAJÓS”; rio brasileiro que nasce na divisa dos estados do Mato Grosso, Amazonas e Pará. Banha parte do estado do Pará e deságua no Rio Amazonas em frente a cidade paraense de Santarém depois de percorrer 1.992Km. No Tapajós comportava 12 canoas (12 salas para reflexões e estudos). As plenárias eram discorridas no auditório do colégio, enquanto suas quadras serviram de cozinha, refeitório e espaço de confraternização musical, teatral e expressões artísticas dos grupos folclóricos convidados para a noite cultural, muito concorrida por todos. Estavam conosco a delegação composta pelos Gaúchos e Catarinenses (Regional Sul III). As famílias paroquiais alojaram parte de delegação enquanto padres e seminarista acomodaram-se na antiga residência salesiana do Centro Salesiano do Menor.

"…….. Do Ventre da Terra o grito que vem da Amazônia! Foi a marca dialogal que conduziu o período de 21 a 25 de julho – 2009, em Porto Velho; dias de muita fé, interatividade e esperança………”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

POR UMA PARÓQUIA SINODAL

Na quarta-feira (25/01), as lideranças comunitárias e pastorais da paróquia Nossa Senhora das Graças em Ananindeua/PA, se reuniram no salão São José, da Igreja Matriz, para o primeiro encontro da

Leia mais

Está gostando deste Conteúdo? Compartilhe!

Ir para o Whatsapp
1
Precisa de ajuda?
Olá! Podemos te ajudar? 😀