EnglishFrenchGermanItalianPolishPortugueseSpanish


Notícias

CG27: Peregrinação aos Becchi e a Valdocco

ANS/Turim– O segundo dia de peregrinação dos Capitulares salesianos pelos Lugares de Dom Bosco, com a visita matutina aos Becchi, lugar em que nasceu João Bosco, e a pós-meridiana a Valdocco, foi uma volta à fonte da consagração religiosa. As Leituras da Liturgia do dia lembraram por sua vez o tema da radicalidade, necessária a quem é chamado a seguir Cristo: “Ouviram o que foi dito… Mas Eu lhes digo…” (Mt 5,38-48).

Grande a emoção dos Capitulares por um lado ver a humildade de uma casa por entre as colinas ‘astigiane’ e por outro evocar a extensão da presença salesiana no mundo. Mas, para além da curiosidade dos que ali se achavam pela primeira vez, emergiu clara a consciência de que cada salesiano encontra ali o ritmo certo para o seu respiro.

Manifestou-o também o Cardeal Severino Poletto, Arcebispo Emérito de Turim, na homilia da Concelebração Eucarística dos Capitulares: quando vêm ao Colle, os Salesianos podem fazer próprias as palavras do Salmo 86: “Foi aqui que todos nascemos”, visto que lhes é dado ver “a rocha da qual foram cortados, a mina da qual foram tirados”. Confirmou-o com entusiasmo espiritual o mesmo Reitor-Mor em seu agradecimento ao Cardeal, afirmando que, em vendo a casa dos Becchi, pode ele mesmo realmente dizer:  “Parece-me ter nascido aqui!”.

O Cardeal Poletto deu a seguir aos Capitulares um testemunho autorizado sobre o relacionamento íntimo que liga hoje a Congregação à Igreja em seu conjunto e os exortou a escolherem o próximo Reitor-Mor pedindo a Deus “que lhes mostre o Seu escolhido”. «Queremos pôr o pé na estrada com o Papa Francisco» – confirmou o P. Pascual Chávez.

De tarde, novamente em Valdocco, os participantes no CG27 visitaram os aposentos (“camerette”) de Dom Bosco, a Capela Pinardi, o Oratório festivo, os Túmulos dos Reitores Maiores e a igreja de S. Francisco de Sales, definida pelo P. Aldo Giraudo “a Porciúncula dos Salesianos. (…) Tudo se radica aqui, na caridade, no amor oblativo, no dom incondicionado de si a Deus, amado sobre todas as coisas, e na dedicação aos jovens”.

A récita das Vésperas com o Reitor da Basílica de Maria Auxiliadora, P. Francesco Lote, encerrou o programa do dia, deixando o restante das horas à ulterior meditação pessoal sobre o que fora vivido, com a possibilidade de construir aquela fraternidade que é não só «o critério de avaliação de toda autêntica Vida Consagrada mas também daquilo que a torna atraente, fascinante, fecunda”.

Fonte: infoans

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

POR UMA PARÓQUIA SINODAL

Na quarta-feira (25/01), as lideranças comunitárias e pastorais da paróquia Nossa Senhora das Graças em Ananindeua/PA, se reuniram no salão São José, da Igreja Matriz, para o primeiro encontro da

Leia mais

Está gostando deste Conteúdo? Compartilhe!

Ir para o Whatsapp
1
Precisa de ajuda?
Olá! Podemos te ajudar? 😀