EnglishFrenchGermanItalianPolishPortugueseSpanish


Notícias

Catequese, Protagonismo Indígena e Inculturação

Está acontecendo em Manaus, dos dias 25 a 28 de Abril, o III Seminário de Catequese Indígena.

Manaus/AM – Está acontecendo em Manaus (25 a 28 de Abril), o III Seminário de Catequese Indígena, no Centro de Treinamento MAROMBA-Seminário São José, organizado pela Comissão Episcopal Pastoral para a Animação Bíblico-Catequética. Este seminário tem como tema: Catequese, Protagonismo Indígena e Inculturação.

A catequese entre os Povos indígenas se dá somente a partir do diálogo com as culturas e no respeito às religiões onde Cristo está presente e oferece riquezas espirituais (RM 55). A catequese, assim como a Evangelização, demanda a Inculturação do Evangelho.

Está acontecendo em Manaus, dos dias 25 a 28 de Abril, o III Seminário de Catequese Indígena.
Está acontecendo em Manaus, dos dias 25 a 28 de Abril, o III Seminário de Catequese Indígena.

O Caminho da Inculturação passa pela capacidade de escuta e de sermos evangelizados; o Evangelho, anunciado na sua essência desce até o âmago da cultura e é traduzido e revestido pela teologia, moral, liturgia, etc.; a inculturaçao se dá a partir dos próprios povos indígenas, isto é, tendo eles como protagonistas.

Diante disso, a catequese e o Evangelho tem que ser resposta aos problemas enfrentados pela comunidade, partindo da realidade e se tornando aporte para a contínua reelaboração do projeto de vida do povo. Em vários lugares a catequese entre os Povos Indígenas segue o caminho do discipulado: escolha pessoal e comunitária de Jesus como Caminho, Verdade e Vida.

Cientes de que a catequese entre os povos indígenas, deve estar voltada à realidade, como resposta aos desafios das mudanças e frente ao perigo de perda dos valores tradicionais e cristãos, estão presentes neste seminário para definir e/ou reconfirmar a escolha de Jesus como discípulos e missionários, representantes de todas os regionais.

Dentre eles, há um número significativo de salesianos: Pe. Justino Sarmento Rezende, Pe. José Jacinto, Pe. José Francisco, Pe. Luis Laudato, Pe. Reginaldo Cordeiro, Pe. Lima (Inspetoria de São Paulo), Pe. Zacarias (Inspetoria de Campo Grande) e duas Filhas de Maria Auxiliadora: Ir. Laura Pimentel e Ir. Alva Rosa Garcia, ambas da Inspetoria Santa Teresinha.

Acompanhemos este seminário com nossas preces, pois os povos indígenas somente na Amazônia são centenas de povos, isto é, centenas de culturas e de línguas. Como sabemos, a Cultura é a maneira peculiar e única com que um povo se relacina com Deus, com os outros, com a natureza. Da cultura nasce o projeto de vida de cada povo. O relacionamento que a catequese há de estabelecer com estes povos deve-se dar pelo caminho da Inculturação que é o Evangelho traduzido, reinterpretado a partir da cultura e como resposta e construção do projeto de vida do povo.

Por Pe. Reginaldo Cordeiro, sdb
Delegado Inspetorial para a Animação Missionária

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

CURATORIUM DO CRESCO

No dia 22 de fevereiro em Tlaquepaque, Jalisco, México, os Inspetores das regiões do Cone Sul e Interamérica se reuniram para participar do Curatorium do

Leia mais

BOSCOFOLIA 2024

No dia 13 de fevereiro, o Pró Menor Dom Bosco, na Zona Leste de Manaus, foi palco de uma celebração única neste Carnaval. O BoscoFolia

Leia mais

Está gostando deste Conteúdo? Compartilhe!

plugins premium WordPress
Ir para o Whatsapp
1
Precisa de ajuda?
Olá! Podemos te ajudar? 😀