EnglishFrenchGermanItalianPolishPortugueseSpanish


Notícias

Bento XVI

Bento XVI chega a Israel

O papa Bento XVI chegou a Tel Avive, Israel, na manhã de hoje, 11, e foi recebido pelo presidente israelita Shimon Peres, e pelo primeiro-ministro Benjamin Netanvahu. “É uma missão espiritual da maior importância: uma missão de paz, querendo semear a tolerância e erradicar a intolerância do Estado hebraico. Eu respeito a sua posição e sua ação para por fim à violência e ao ódio do mundo e estou confiante de que o diálogo entre o Judaísmo e o Cristianismo continuará no espírito dos profetas", afirmou o presidente israelita.

Bento XVI fez votos para que “reais progressos e estabilidade” possam ser conseguidos e destacou o papel das famílias “enquanto veículos de paz”. “Tomo o meu lugar na longa fila de peregrinos cristãos vindos a estes lugares, uma fila que remonta aos primeiros séculos da história da Igreja e que – estou certo – prosseguirá no futuro. Venho, como tantos outros antes de mim, para rezar nos lugares santos, para rezar especialmente pela paz – paz aqui na Terra Santa, e paz em todo o mundo”.
Sobre as três grandes religiões monoteístas do mundo, o pontífice afirmou que têm veneração pela Terra Santa. Ele disse que por isso, todos os peregrinos devem ter a “possibilidade de a eles aceder livremente e sem restrições, de tomar parte a cerimônias religiosas e de promover a necessária manutenção dos edifícios de culto situados nos lugares sagrados”.

O papa lembrou-se do significado da palavra Jerusalém [cidade de paz], porém ressaltou a falta de paz que falta aos habitantes da Terra Santa. “Embora Jerusalém signifique cidade de paz, é de toda a evidência que ao longo de décadas a paz tem tragicamente vindo a faltar aos habitantes desta Terra Santa. As esperanças, de inumeráveis homens, mulheres e crianças, de um futuro estável e mais seguro depende do êxito das negociações de paz entre israelitas e palestinianos”.

Mensagem
Concluindo seu discurso, Bento XVI saudou, de modo especial, os fiéis e bispos católicos, exprimindo a sua alegria por esta visita pastoral. Ele fez ainda menção ao encerramento do Ano da Família, precisamente na visita a Nazareth, e confiou às comunidades cristãs da Terra Santa uma missão: “Através do vosso testemunho fiel àquele que pregou o perdão e a reconciliação, através do vosso empenho em defender a sacralidade de cada vida humana, podereis fornecer um contributo particular para que cessem as hostilidades que desde há tanto tempo afligem esta terra. Rezo para que a continuidade da vossa presença em Israel e nos territórios Palestinianos produza muitos frutos na promoção da paz e do respeito mútuo entre todos os povos que vivem nas terras da Bíblia”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

POR UMA PARÓQUIA SINODAL

Na quarta-feira (25/01), as lideranças comunitárias e pastorais da paróquia Nossa Senhora das Graças em Ananindeua/PA, se reuniram no salão São José, da Igreja Matriz, para o primeiro encontro da

Leia mais

Está gostando deste Conteúdo? Compartilhe!

Ir para o Whatsapp
1
Precisa de ajuda?
Olá! Podemos te ajudar? 😀