EnglishFrenchGermanItalianPolishPortugueseSpanish


Notícias

A BELEZA DA EXPERIÊNCIA DO VOLUNTARIADO JUVENIL

Por Pe Antonio de Assis Ribeiro (Pe Bira) –
A ISMA (Inspetoria Salesiana Missionária da Amazônia) tem um projeto de promoção do Voluntariado Juvenil chamado VIVA: Voluntariado Inspetorial Vida na Amazônia que é dinamizado pela Pastoral Juvenil.
O voluntariado é uma das escolhas mais significativas reveladoras de maturidade humana manifestando altruísmo e solidariedade. Bem-aventurados os voluntários comprometidos na promoção do bem!
O projeto VIVA acolhe a disponibilidade de jovens e adultos que querem, gratuitamente, servir aos mais necessitados onde trabalhamos na Amazônia: sobretudo, nos Centros Juvenis, Centros missionários, no acompanhamento de comunidades ribeirinhas e indígenas…

Desenvolvendo as mais variadas atividades possíveis.
A procura pelo voluntariado juvenil tem crescido nos últimos anos, tanto em nível nacional como também internacional. A experiência do voluntariado está aberta para jovens brasileiros e estrangeiros. Neste ano já recebemos 8 estrangeiros (de Portugal, Suiça e Itália) e 10 brasileiros (dos estados Pará, Amazonas e Rondônia). O tempo da experiência do voluntariado varia de acordo com a situação cada um, em geral dura de 2 meses a 2 anos.

 

TESTEMUNHO DAS JOVENS
Aqui está a experiência das jovens portuguesas Inês Sarmento e Manuela Pinheiro, ambas da cidade de Aveiro. Vejamos o que dizem:
“Quando decidimos vir em Missão, fizemo-lo imbuídas de uma única esperança: a vontade imensa de nos despojarmos do “nosso mundo” e abraçarmos uma realidade diferente, que nos permitisse sair da “crosta” do nosso egoísmo e dedicarmo-nos inteiramente ao outro.
Passado este tempo (cerca de 3 meses em São Gabriel da Cachoeira – Am), e com o aproximar do momento do regresso ao “nosso mundo”, podemos afirmar, com satisfação, que essa missão foi simultaneamente o TUDO e o NADA que imaginávamos, prevíamos no dia da partida.
Foi o “Tudo” que projetamos, porque “em tudo” foi efetivamente diferente… foi o contactar com uma realidade tão singular e tão distante do mundo que conhecemos por nosso. Mas foi igualmente o “nada” em relação ao que imaginávamos, pois, por mais que procurássemos prever “cenários”, recolher testemunhos, experiências ou “estudar” a Amazônia “dos livros”, nada é comparável ao que realmente vivenciamos! Percebemos que cada experiência é única e, como tal, indizível e imensurável nestas parcas linhas. Desta Amazónia de infinitos contrastes levamos o Amor e a Gratidão, que floresce ao sabor da Fé. E porque nunca é demais agradecer: Muito Obrigada por tudo!”

(Inês e Manuela)

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

POR UMA PARÓQUIA SINODAL

Na quarta-feira (25/01), as lideranças comunitárias e pastorais da paróquia Nossa Senhora das Graças em Ananindeua/PA, se reuniram no salão São José, da Igreja Matriz, para o primeiro encontro da

Leia mais

Está gostando deste Conteúdo? Compartilhe!

Ir para o Whatsapp
1
Precisa de ajuda?
Olá! Podemos te ajudar? 😀