EnglishFrenchGermanItalianPolishPortugueseSpanish


Notícias

15 de Janeiro: Beato Luis Variara.

Hoje a Família Salesiana, com toda a igreja, celebra a festa de Luis Variara, o apóstolo dos abandonados.

Beatificado em 14 de abril de 2002 pelo Papa João Paulo II.

Luís Variara nasceu no dia 15 de janeiro de 1875 em Viarigi (Asti). Em 1856 Dom Bosco estivera ali, pregando uma missão. E foi a Dom Bosco que o pai confiou o filho, levando-o a Valdocco no dia 01 de outubro de 1887. O Santo morreu quatro meses depois. Mas o contato que teve com ele foi suficiente para marcar Luís para toda a vida.

Pediu que o admitissem como salesiano e entrou no noviciado no dia 17 de agosto de 1891. Variara estudou Filosofia em Valsalice, onde conheceu Padre André Beltrami. Em 1894 esteve ali o Padre Unia, o célebre missionário que há pouco havia começado a trabalhar na Colômbia, entre os leprosos de Agua de Dios. O mesmo Padre Variara contava: “Qual não foi o meu espanto e a minha alegria quando, no meio de 188 colegas meus que tinham a mesma aspiração, o Padre Unia fixou os olhos em mim e disse: Este é meu”. O jovem Variara chegou a Agua de Dios no dia 06 de agosto de 1894. O lazareto contava 2000 habitantes, dos quais 800 eram leprosos.

Mergulhou totalmente na sua missão. Começou organizando uma banda musical, cuja inauguração se deu na presença do Presidente da República que, comovido, viu a “cidade da dor” animar-se pela primeira vez num impensável clima de festa. Em 1898 Luís foi ordenado sacerdote. Logo se revelou um óptimo director espiritual. Em Agua de Dios, na casa das Irmãs da Providência, nascera a Associação das Filhas de Maria, um grupo de 200 moças. Ele era o confessor delas, e não demorou a identificar no grupo algumas chamadas à vida religiosa.

Um sonho irrealizável! Nenhuma Congregação aceitaria uma filha de leprosos e, muito menos, uma doente de lepra. Dessa real impossibilidade nasceu o audacioso projeco ― único na Igreja ― de um Instituto que permitisse aceitar também candidatas doentes de lepra.

Hoje a Congregação das Filhas dos SS. Corações de Jesus e Maria conta 600 religiosas. Padre Variara se sentia sempre mais entusiasta de sua missão. Um dia suspeitou-se que ele também tivesse sido atingido pela doença. Ao saber disso, limitou-se a dizer: “Tudo vem de Deus e tudo vai para Deus”.

Morreu longe dos seus queridos doentes, como a obediência determinara. Agora repousa em Agua de Dios na capela das suas Filhas. Beatificado em 14 de abril de 2002, pelo Papa João Paulo II.

Fonte: Blog Momentos Oportunos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

POR UMA PARÓQUIA SINODAL

Na quarta-feira (25/01), as lideranças comunitárias e pastorais da paróquia Nossa Senhora das Graças em Ananindeua/PA, se reuniram no salão São José, da Igreja Matriz, para o primeiro encontro da

Leia mais

Está gostando deste Conteúdo? Compartilhe!

Ir para o Whatsapp
1
Precisa de ajuda?
Olá! Podemos te ajudar? 😀