EnglishFrenchGermanItalianPolishPortugueseSpanish

 

RIO NEGRO-AM

MISSÃO SALESIANA DE IAUARETÊ

A Missão Salesiana de Iauaretê foi fundada oficialmente em 1929. Com alguns indígenas de Taracuá, em 1924, o padre João Marchesi chegou em Iauaretê pela primeira vez. O cacique tariano Leopoldino e seu povo o receberam com muita alegria e lhe prometeram ajudar na construção da missão, uma promessa que eles cumpriram fielmente. No ano de 1927 o Prefeito Apostólico, Dom Pedro Massa, quis visitar Iauaretê, chegando precisamente no dia 28 de setembro e celebrando no dia seguinte a festa dos arcanjos e junto com o padre Marchesi viram por bem dedicar esta nova missão a São Miguel. Porém, só dois anos mais tarde começaram a construção da nova missão. Sendo o ajudante incansável dos missionários em tudo o cacique Leopoldino. A primeira igreja matriz foi construída nos anos 1934-1937, sob a direção do padre João Marchesi, ajudado pelos irmãos coadjutores: Guilherme Adamek, mestre carpinteiro e Manuel Crescine, pedreiro. Feita de madeira com pequenos alicerces de pedras. O piso era de cimento e coberto de telhas de barro. A igreja definitiva foi construída nos anos 1992-1995 sob a direção do padre Norberto Hohenscherer.

MISSÃO SALESIANA DE SÃO GABRIEL DA CACHOEIRA

Fundada em 1914, pelos religiosos Mons. Lourenço Giordano, Prefeito Apostólico, padre João Balzola, padre José Solari e o irmão José Canuto. A casa é centro para as missões e apoio às outras comunidades da região. Ao lado da residência se encontro o Centro Juvenil Salesiano com cursos de capacitação profissional e oratório festivo.

MISSÃO SALESISANA DE MATURACÁ

Em 1953, o salesiano padre Antônio Goes fez o primeiro contato com o povo yanomami de Maturacá. O distrito de Maturacá onde fica a missão salesiana é uma aérea bem isolada geograficamente. Está dentro da reserva indígena yanomami e incluso dentro do Parque Nacional do Pico da neblina. As duas aldeias indígenas próximas uma da outra, tendo apenas a missão salesiana no espaço entre elas. Uma situa-se as margens do Rio Maturacá, que a separa da missão e a outra, as margens do Rio Araibu, afluente do primeiro. A fundação da Missão salesiana se deu no dia 24 de maio de 1956. E foi elevada a Paróquia no ano 1999 tendo como padroeira Nossa senhora de Lourdes, sendo assim uma paróquia indígena. Pertence á mesma paróquia outras aldeias Yanomami como Maturacá, na bacia do Rio Cauaburis, afluente do Rio Negro: Comunidade de Nossa Senhora de Nazaré, no rio Yá; Comunidade de Inambu, no rio Inambu; Comunidade de Maiá, no rio Tamaquaré. Desde os primeiros anos de fundação da missão, era prioridade o cuidado com a saúde e a educação. No ano 1999, pelo projeto de educação de Jovens e Adultos (EJA) a escola tem a licença de ministrar todas as séries do Ensino Fundamental até curso Tecnológico, chegando ao Ensino Médio. A escola pertence a Diocese de São Gabriel da Cachoeira e conveniada com a SEDUC e administrada pelos Salesianos da Missão Salesiana de Maturacá. Hoje é considerada uma escola Bilíngue e Intercultural.

MISSÃO SALESIANA DE SANTA ISABEL DO RIO NEGRO

No início do século vinte, no ano de 1943, Santa Isabel era um povoado pequeno na ilha grande, no outro lado onde hoje é Santa Isabel. Com a intenção de fazer uma escola agrícola, os salesianos compraram um grande pedaço de terra e se estabeleceram no lugar onde hoje é Santa Isabel. Em 1947 padre José Schneider e o coadjutor Afonso Ambrósio, fundaram Santa Isabel de Tapuruquara, hoje município de Santa Isabel do Rio Negro. Aos poucos o povo veio morar perto do internato construído. Foi desde o início que os salesianos também se preocuparam os Yanomami. Na década de 1970 o internato entrou em crise e os salesianos começaram a fazer escolinhas nos povoados na beira do rio. Na década 1980 o município cresceu e começou a assumir a educação e a orientação das escolinhas na beira do rio. Aos poucos, as irmãs ficaram com a gestão da escola e os salesianos ficaram com a paróquia, oratório e o centro juvenil com oficinas e itinerância. A Missão Salesiana de Maruiá, “Sagrada Família” entre o povo Yanomami foi fundada pelo padre Antônio Goes em 1962.  Ela é confiada aos salesianos que atuam na Comunidade Salesiana de Santa Isabel. Atualmente os salesianos atendem o povo Yanomami em visita nos xaponos e administram a Escola Estadual Indígena Sagrada Família.

Ir para o Whatsapp
1
Precisa de ajuda?
Olá! Podemos te ajudar? 😀