Nosso Patrono

São Francisco de Sales

Dom Bosco é considerado o precursor dos métodos mais avançados em pedagogia do seu tempo, substituindo os métodos pedagógicos tradicionais daquela época, isto é, reprimenda e a austeridade, pelo método da persuasão, da religiosidade autentica, do amor sempre pronto a prevenir, em vez de reprimir. Tomou como modelo S. Francisco de Sales, nesta sua atividade que visava à construção moral e religiosa do jovem.

Este santo nasceu no Castelo de Sales em Thorens em 21 de agosto de 1567. Sua mãe, uma mulher da alta nobreza buscava educá-lo na religiosidade, procurou os padres da Companhia de Jesus, onde viu ser este o lugar melhor para seu filho mesmo contra a vontade de seu esposo; ainda jovem fez voto de viver a castidade e buscar sempre cumprir o que era da vontade do Senhor; dentre as disciplinas que lhe eram ensinadas aprendeu várias línguas, estudou Direito em Pádua, onde se ordenou padre. Ao longo da história desse santo muito amado, percebe-se o quanto ele buscou e o quanto encontrou o que Deus queria: “Procure ver Deus em todas as coisas sem exceção, e disponha-se a fazer a vontade d’Ele com alegria. Faça tudo para Deus, unindo-se com Ele por palavras e obras” não aceitou uma carreira esplêndida no mundo, mas preferiu o sacerdócio

Sua primeira missão apostólica foi em Chablais, sua região nativa, a tarefa era dirigir o espírito daqueles que viviam e procuravam estar fora da religião. Em 1602 tornou-se bispo de Genebra, primeiramente, como coadjutor, depois, sendo o titular, arregaçou as mangas para a incansável reforma e reorganização dessa diocese, como o apóstolo do amor e da misericórdia. Em 1604 junto com Joana de Chantal fundaria a Ordem da Visitação.

Famoso como diretor espiritual e escritor; escreveu a “Introdução à Vida Devota”, essa se tornou a sua obra mais famosa, e também “Tratado do Amor de Deus”, fruto de anos de oração e trabalho. Em 1867 foi proclamado por Pio XI Doutor da Igreja é patrono dos escritores e dos jornalistas devido ao estilo e ao conteúdo de seus escritos, é ainda Padroeiro dos de Difícil Audição, por causa da linguagem de símbolos criada por ele.

Brasão da Pia Sociedade de São Francisco de Sales (Salesianos)Fez “do ordinário de sua vida o extraordinário” nos dizia Dom Bosco; este santo é modelo para muitos outros devido aos seus ideais de moderação e caridade, de gentileza e humildade, de alegria e entrega à vontade de Deus são expressos com uma sensatez que anima os fracos e alimenta os fortes “não se preocupe com o que pode acontecer amanhã; o mesmo Pai eterno que cuida de você hoje se encarrega de você amanhã e todos os dias. Ou Ele protegerá você do sofrimento, ou lhe dará a força infalível para suportá-lo.

Dom Bosco mostra-nos São Francisco de Sales, a fim de tornar-nos santos hoje através de uma “espiritualidade do coração”, um coração divino e humano, modelo de verdadeiro amor fecundo que alcançou a vida de inúmeras pessoas, congregações religiosas e Papas. A Espiritualidade Salesiana nos convida à amabilidade “seja paciente com todo mundo, sobretudo consigo mesmo” nos dizia Francisco.

Esse grande santo da Igreja morreu em 28 de dezembro de 1622, aos 55 anos de idade, sendo que 21 deles foram vividos no episcopado como servo para todos e sinal de santidade.

Compartilhe:
Redes Sociais