WhatsApp Image 2021-01-25 at 16.49.22

PADRE BENTO LE FEVERE, UM ESCOTEIRO, UM PAI AMIGO DOS ORATORIANOS

by / 2 Comments / 362 View / 25 de janeiro de 2021

Por Antônio Veiga Neto, sdb


cruz

Conheci o padre Bento no Oratório do Centro Juvenil salesiano em Manicoré. Me aproximei dele pela primeira vez para apreciar uma cruz que achei bonita e que ele gostava de usar, tinha os meus 11 anos de idade. Fiquei curioso porque não era a cruz oficial dos Salesianos perpétuos, ele me respondeu que um grupo de amigos de infância o presenteou na Bélgica quando ele partiu para ser missionário no Brasil, era uma cruz simples, pequena, de bronze derretido fora da forma.

Me encantei quando percebi que apesar de sua idade avançada ele conseguia falar a linguagem dos jovens e os jovens do oratório sempre o procuravam, foi aí que comecei a ser mais fiel na participação do oratório além de coroinha da igreja matriz, consegui uma cruz e passei a usá-la e fazer compromisso vocacional porque via naquele padre uma conexão de fé, seriedade e felicidade com o projeto que escolhera.

Bento 02WhatsApp Image 2021-01-25 at 17.18.30

Quando foi fundado o grupo de escoteiro Mani, o padre Bento deu o maior apoio e se fez um dos pioneiros-chefes, ingressei neste grupo e pude acompanhar a força carismática deste reverendo em se aproximar da juventude, sempre com interesses pedagógicos, o grupo de escoteiro estava alinhado ao projeto de Dom Bosco e por isso o padre Bento gastava suas energias, usava o uniforme, ateava a bandeira, fazia todos os cumprimentos escotistas, dizia: “o cuidado com a natureza deve ser de relação, do mesmo modo como encontramos e respeitamos os colegas, as criaturas de Deus são maravilhosas, se nos preenchermos de cuidado estaremos fazendo o bem e alcançando uma vitória”.

“Obrigada pelo que você fez pelo Grupo Escoteiro Mani. Foram 186 jovens que você acolheu no Centro Juvenil Salesiano. Você fez Promessas Escoteira e ‘Uma vez Escoteiro, Sempre Escoteiro’. A Região Escoteira do Amazonas perde um grande Escoteiro, mas o Céu ganhou um exemplo de vida cristã.  O Senhor já está descansando nos braços de Deus. A saudade é dolorosa”, disse Marilda Menezes, ex-presidenta chefe do grupo de escoteiro Mani.

WhatsApp Image 2021-01-25 at 17.18.18“O padre Bento foi um grande salesiano de Dom Bosco, dedicou sua vida em prol da juventude que tanto amava. Foi um dos fundadores do Centro Juvenil Salesiano e procurou de todas as formas conseguir recursos com seus amigos benfeitores e outros órgãos para obra salesiana continuar. Seu carisma era diferencial, na forma que cuidava dos adolescentes e jovens, incentivando e acolhendo aqueles mais necessitados, com muita alegria juvenil no meio deles. Mesmo com a saúde frágil ele era teimoso porque não conseguia ficar sem fazer nada, sempre pensando no bem maior dos jovens”, relato de Alcimara Santos, ex-secretária do CJS.

Enfim padre Bento foi Dom Bosco hoje, viveu e trabalhou pelo que tanto amava, padre diferencial que conseguiu transformar e mudar vários adolescentes e jovens, deixou seu legado de muita admiração e ensinamentos.

Dos manicoreenses presenciei muito apreço por ele, dedicado no funcionamento do Centro Juvenil, na inauguração e nos anos de sua administração, ficou marcado pelas oficinas de marcenaria, serralheria e eletricidade, neste início da obra foi formado muitas turmas gerando emprego e renda para o município.

07

Quando ingressei na congregação salesiana em 2016, confirmei a grandiosa pessoa que ele era, o carinho que ele tinha com os irmãos e os irmãos com ele, sempre disponível aos desafios de nossa Amazônia. Era um homem muito simples, barba branca, camisa de botão, calça tergal e sandália havaiana, sereno e tranquilo, uma paz de pessoa.  Tive o privilégio de celebrar com ele o natal do Senhor neste tempo de pandemia, tão difícil para a humanidade, na homilia ele chamou as crianças até o presbitério e explicou o significado do presépio, luzes de Natal, criticou o papai Noel e exortou o verdadeiro sentido e espirito do nascimento de Jesus.

Padre Bento foi mais uma vítima do covid-19, não chegou a tomar vacina, foi o primeiro salesiano a ser enterrado em solo manicoreense. Agradecemos a todos que cuidaram dele em seus últimos dias de vida, ao Irmão Adelson Gomes Campos e a equipe que ele coordenou.

WhatsApp Image 2021-01-25 at 19.37.58

WhatsApp Image 2021-01-25 at 16.58.02 WhatsApp Image 2021-01-25 at 16.49.34 WhatsApp Image 2021-01-25 at 16.49.35

06 04 02 01

Compartilhe:
Redes Sociais

2 Comment

  1. Cher oncle Benoît, cher parrain,
    Ton départ précipité nous a tous bouleversés. Depuis le début de ton ordination tu savais que ta place était parmi les jeunes en difficulté, que tu as tant aidés et formés via les œuvres sociales salésiennes. Je suis fier de t’avoir eu comme parrain, et je porte le prénom que tu as suggéré à mes parents. On se revoyait tous les cinq ans quand tu rentrais en Belgique pour revoir la famille, c’était long mais ces retrouvailles étaient toujours pleines de joies et chaleur. Maintenant il nous reste plus que tous ces souvenirs précieux que nous garderons dans nos cœurs.
    En te remerciant pour tout ce que tu as fait ici et là-bas, je t’embrasse bien fort,
    Miguel le Fevere, ton filleul.

    • nous sommes désolés pour votre Pâques définitive. C’était un grand homme, un père et un missionnaire. Son héritage éternisera le cœur et les gestes de tant de jeunes qui ont pu le rencontrer

Your Commment

Email (will not be published)