29694535_1836154033061254_6587861311043594226_n

SALESIANOS NA AMAZÔNIA CELEBRAM A SEMANA SANTA

by / 0 Comments / 37 View / 2 de abril de 2018

Por Vívian Marler* / Inspetoria São Domingos Sávio –

A Família Salesiana da Inspetoria São Domingos Sávio, na Amazônia, celebrou a tradição religiosa da Semana Santa a ‘Paixão, Morte e a Ressurreição de Jesus Cristo’ em suas obras, que foram iniciadas no Domingo de Ramos, relembrando a entrada triunfal de Jesus em Jerusalém e terminou com a ressurreição de Jesus, no Domingo de Páscoa, ontem dia 1º.

O Santuário Arquidiocesano São José Operário, no bairro da Praça 14, e a Paróquia São José, no bairro do Zumbi, realizaram a procissão de Ramos pelas ruas dos bairros onde estão localizadas, em Manaus, e na Missão Salesiana de Maturacá, junto com os Yanomami, o ponto forte das procissões foram os pedidos, em oração, para que a violência, no mundo, fosse superada.

Ao longo da Semana Santa, as paróquias salesianas na Amazônia celebraram todos os momentos da Paixão e Morte de Jesus Cristo. Durante a Ceia do Senhor, padre João Mendonça, a frente da Paróquia Nossa Senhora das Graças, em Ananindeua (PA) lavou os pés de doze pessoas da comunidade; no Santuário Arquidiocesano São José Operário, o pároco João Benedito Cunha, lavou os pés de doze membros das pastorais que representavam todos os leigos que voluntariamente servem à Igreja através de seus trabalhos de Evangelização.

A emoção e a oração tomaram conta de todos que participaram da Via Sacra, desde o público até quem participou atuando. Na Missão Salesiana em São Gabriel da Cachoeira, fiéis subiram o morro da cidade, e a beleza da criação natural de Deus foi o pano de fundo para as cenas de sofrimento de seu filho, nas estações permanentes que lá existem. Em Manicoré, a Via Sacra, da Paróquia Nossa Senhora das Dores, foi encenada em cima da carroceria de um caminhão que percorreu as ruas do município, sendo seguida por centenas de pessoas. Em Manaus, membros das pastorais do Santuário São José atuaram emocionando a todos que assistiam, e a eles próprios.

Para Amanda de Albuquerque, interpretar Maria, foi muito emocionante “interpretar a mãe de Jesus, a mãe do nosso salvador me emocionou bastante. Ela foi uma mulher forte que mostrou ser uma mulher batalhadora depois da morte de José, que soube enfrentar ali o momento mais difícil de sua ida que foi perder o filho, suportar sozinha a dor de ver o filho sendo flagelado, torturado e pregado na cruz”.

Durante a Vigília Pascal e no domingo de Páscoa, foram realizadas as Cerimônias do Batismo e do Crisma, nas paróquias de Nossa Senhora das Dores, em Manicoré; no Santuário Arquidiocesano São José Operário, em Manaus; na Paróquia Nossa das Graças, em Ananindeua (PA) e na Paróquia Nossa Senhora de Fátima, em Porto Velho.

*participaram desta matéria os correspondentes das obras citadas

 

Ananindeua_CeiadoSenhor (1) Ananindeua_CeiadoSenhor (5) Ananindeua_CeiadoSenhor (6) PNSFatima_CeiaSenhor (1) PNSFatima_CeiaSenhor (2)

1Comunhao_SantuarioSaoJose (1) 1Comunhao_SantuarioSaoJose (2)

SSJO_AdoraçaoSantissimo_Crianças SSJO_Manaus_AdoraçãoSantissimo_JuventudeSalesiana

DomingoRamos_Ananindeua_02 DomingoRamos_Manicore_01 DomingoRamos_Manicore_03 Madrugada_Jovem_0229542763_1618459371572502_5468423315530158008_n 29573248_1829731150370209_3710027232568423786_n29512907_1829731033703554_2362408575697604404_n Madrugada_Jovem_0224dd63ea-d011-4a4a-b13d-b76bd25f37c1

 

 

 

 

 

Compartilhe:
Redes Sociais

Your Commment

Email (will not be published)