8fcf885e-5290-447b-a10d-e2536f16dec3

PARÓQUIA NA ZONA LESTE DE MANAUS INAUGURA SECRETARIA

by / 0 Comments / 59 View / 20 de dezembro de 2017

Por Padre Alberto Rypel / Pároco da Paroquia de São José Operário –

Na noite do último domingo, dia 17, inauguramos as novas instalações da secretaria da Paroquia de São José Operário Zona Leste, que foi abençoada pelo bispo auxiliar, de Belém, Dom Antônio de Assis, SDB.

O primeiro contato das pessoas com a comunidade é com o ambiente físico, onde se exercem as atividades litúrgicas, pastorais e entre elas o atendimento das pessoas. A comunidade se espelha em cada objeto, em todos os móveis e em toda a estrutura física. Esse ambiente não é neutro, ele emite mensagens para aqueles que vêm. Existe um proverbio que diz: “mostra-me sua casa e eu vou lhe dizer quem é você”. Neste sentido a comunidade exprime suas características, como age, como se faz presente, como arranja as coisas e como pensa.

Independente dos custos e esforço de trabalho fica indispensável para que as pessoas que pertencem à comunidade contribuam para o bem estar, porque provocados pelo ambiente, aqueles que vem, podem sentir paz, alegria, fascínio, apreensão, recusa, ou falta de acolhimento. É importante que o ambiente favoreça a proximidade, fazendo os vínculos entre as pessoas.

Um indispensável trabalho da comunidade é a sua conservação e de tudo o que fala sobre esta comunidade, de modo especial à limpeza, móveis adequados para aqueles que frequentam, ou vem pela primeira vez sintam-se bem acolhidos. Neste tempo da missionaridade onde a Igreja é chamada a convidar novos membros a participarem realizando o projeto “Igreja em saída” queremos acolher aqueles que precisam de ajuda espiritual ou simplesmente procuram as comunidades para não sentir um vazio pessoal podem pensar, “será possível que esta comunidade vai cuidar de mim, quando ela não consegue cuidar de si mesma?” Escutamos tantas vezes a frase usada pelos agentes pastorais “eu não sou o agente pastoral do tijolo”. Esta frase não justifica quando queremos acolher bem as pessoas.

A comunidade deve progredir continuamente para eliminar qualquer desconforto físico. O ambiente onde nós recebemos as pessoas deve ser um lugar com adequada temperatura, com a luz apropriada, silencioso, com privacidade, um lugar aconchegante e agradável para todos.

Diante de tantos descasos, como os nossos bairros populares como ruas sem calçadas, falta de saneamento básico, ruas cheias de lixo, sem segurança e com as dificuldades no trânsito. Em virtude disso, as nossas comunidades precisam ter um espaço que acolhe, une e favorece o reconhecimento do outro. E aqui na Paroquia de São José Operário a comunidade tem esse espaço.

8fcf885e-5290-447b-a10d-e2536f16dec3 87dc5b9a-6598-4b88-87cf-c8d2748c4a22 (1)

2

Compartilhe:
Redes Sociais

Your Commment

Email (will not be published)