b0945923-121e-4df6-a9f3-52cead3690d0

SALESIANOS CELEBRAM FINADOS

by / 0 Comments / 123 View / 2 de novembro de 2017

Por Vívian Marler / Santuario São José Operário –

Anualmente, a missa das 8h, no dia 2 de novembro, dia de finados, é realizada no Cemitério Municipal São João Batista, em Manaus, pelos Salesianos. Este ano, foi celebrada pelo padre João Benedito Cunha, pároco do Santuário Arquidiocesano São José Operário.

Concelebrada pelos padres Gennaro Tesauro, Alberto Bresciani e Isley do Nascimento, a cerimonia eucarística contou com a participação de membros das pastorais do Santuário São José, religiosos Salesianos de Dom Bosco (SDB), Filhas de Maria Auxiliadora (FMA) e fieis que estiveram no cemitério para prestar homenagem aos seus entes queridos falecidos.

“Hoje, além de estarmos aqui para lembrar dos irmãos que já entraram na vida eterna, precisamos também refletir sobre a luz que ilumina nossa vida, nossas ações, nosso compromisso com o cotidiano. Uma vida de amor, pois é esse comprometimento com nossa vida terrestre que pesará na hora de nossa morte”, disse padre João Benedito que continuou relembrando os Salesianos que doaram suas vidas na Amazônia “Quero relembrar também, do trabalho dos Salesianos e Salesianas que já partiram, do trabalho e doação de suas vidas em prol das missões e trabalhos realizados na Amazônia. Exemplos positivos que iluminam o nosso trabalho. Que eles possam interceder por todos nós”, finalizou.

Ao final, foi deixada aos presentes a mensagem de Santo Agostinho.

A Morte Não É Nada
A Morte não é nada.
Eu somente passei para o outro lado do Caminho.
Eu sou eu, vocês são vocês.
O que eu era para vocês, eu continuarei sendo.
Me deem o nome que vocês sempre me deram, falem comigo como vocês sempre fizeram.
Vocês continuam vivendo no mundo das criaturas, eu estou vivendo no mundo do Criador.
Não utilizem um tom solene e triste, continuem a rir daquilo que nos fazia rir juntos.
Rezem, sorriam, pensem em mim. Rezem por mim.
Que meu nome seja pronunciado como sempre foi, sem ênfase de nenhum tipo.
Sem nenhum traço de sombra ou tristeza.
A vida significa tudo o que ela sempre significou, o fio não foi cortado.
Porque eu estaria fora de seus pensamentos, agora que estou apenas fora de suas vistas?

0a43c1f1-3c28-4927-81e3-33edbd82d5fd b0945923-121e-4df6-a9f3-52cead3690d0 c2da584a-b54c-451b-a1b3-f13a39d2f4e3 d0b5965b-9fe9-46f0-b3c6-b01b9275290a edd17f84-47f5-4f41-b86b-e4575897ea21 77ce53c8-6974-4ea9-ba87-bb31367e0a23 ae02a1f4-c4d1-4339-b256-679780979ea2 d22e5441-732a-4783-ae1d-37642dd05320 e8a84797-6690-4878-a960-c431b33540e3 f9da9b35-b035-4c8d-aa0d-dc827523bfa8edd17f84-47f5-4f41-b86b-e4575897ea21 ee0a671b-3f63-4947-9d0f-c6fbcd25beb2  f124c65f-9c37-4f06-a34a-4100a32b350c

 

Crédito das Fotos: Vívian Marler e Jorge Miguel Pinheiro

Compartilhe:
Redes Sociais

Your Commment

Email (will not be published)