WhatsApp Image 2017-04-21 at 12.06.06

ENCONTRO SOBRE A COMUNICAÇÃO NA PASTORAL REÚNE COMUNICADORES SALESIANOS DA ÁREA DE RONDÔNIA

by / 0 Comments / 26 View / 21 de abril de 2017

Por Inspetoria Domingos Sávio –

Comunicadores das obras Salesianas (SDB/FMA) da área de Rondônia, reuniram-se na manhã de hoje (20), no Colégio Dom Bosco, em Porto Velho, para um dia de formação sobre a “Importância da Comunicação para a Pastoral” que foi ministrada pelo delegado para a Pastoral padre Antônio de Assis Ribeiro (P Bira) e pela delegada para a Comunicação Vívian Marler.

“Para nós, educadores salesianos a comunicação tem uma dimensão pastoral, pois a nossa fé é cheia de comunicação” disse padre Bira, que apresentou o primeiro comunicador do mundo “O primeiro comunicador durante a criação do Mundo foi Deus, pois, na criação chamou tudo à existência. Deus comunicou-se com os patriarcas Noé, Abraão, Isaac, Jacó. Deus se comunicou com os profetas e reis, sacerdotes, juízes. Comunicou-se através do anjo anunciando a vinda do menino Jesus, seu filho bem-amado enfim, Deus se comunicou através da morte e ressurreição de seu filho”, disse.

Padre Bira questionou os presentes sobre as formas que eles, colaboradores salesianos se comunicam com os jovens “Dom Bosco foi um amante da comunicação, não possuia as facilidades que hoje temos como Tv, rádio, mídias sociais… e evangelizava os jovens apenas com a palavra falada e escrita através dos ensinamentos, mensagens, livros. E vocês colaboradores salesianos será que a forma em que vocês se comunicam hoje, ajuda realmente a passar a mensagem de Deus, os ensinamentos de Dom Bosco aos seus assistidos? Avaliem”, pediu o delegado para a Pastoral Juvenil.

A congregação Salesiana diferencia-se das demais não através da infra-estrutura física nem dos títulos dos educadores, nem dos projetos, mas nas propostas de formação integral permeada de valores humanos e cristãos. Hoje a Congregação Salesiana encontra-se nos cinco continentes, com o mesmo objetivo, transformar jovens através do método educativo de Dom Bosco transformando-os em ‘Bons cristãos e honestos cidadãos’ tendo sua pastoral reforçada a cada dia, através de seus colaboradores que através da comunicação seja ela falada, escrita ou dos meios mais modernos chegam aos jovens de todas as classes sociais, principalmente aos mais necessitados que através da voz do  coração entendem a mensagem.

No segundo momento do encontro a delegada para a comunicação, Vivian Marler retornou com os trabalhos dando ênfase ao trabalho técnico da comunicação, apresentou as melhores formas para criar-se a cultura da excelência na comunicação nas casas Salesianas “Não basta conhecermos as técnicas de comunicação, não basta registrarmos os eventos se essas duas ações se casam apenas para a divulgação interna ou pessoal, se não as usarmos buscando apresentar também ao público externo de nada adiantará a continuação de nosso trabalho. Pois não alcançaremos outros jovens, outras famílias, outros horizontes que poderiam trazer para a Família Salesiana novos cooperadores, novos jovens, novos amigos do Carisma Salesiano”, disse Vívian.

Os doze representantes das obras salesianas das obras Colégio Dom Bosco, Centro Salesiano do Menor, Instituto Maria Auxiliadora, Paróquia Santuário Nossa Senhora de Fátima, Articulação Juvenil Salesiana, Instituto Laura Vicuña em Porto Velho e do Centro Educativo Dom Bosco de Ji-Paraná, propuseram-se a partir deste encontro mudar o olhar da comunicação em suas obras e ao final do dia realizaram pequenos exercícios como a gravação de depoimentos sobre a necessidade da comunicação, da divulgação nas obras Salesianas.

“A formação para comunicação é uma necessidade indispensável no mundo de hoje, ela é primordial para divulgar a missão salesiana junto aos jovens”, disse Celso Kubichen, assistente social do Centro Educativo Dom Bosco, em Ji-Paraná.

“O conhecimento é diário, se nos fecharmos ao conhecimento vamos nos fechar no esquecimento”, disse Ricardo Brandão, comunicador, do Colégio Laura Vicuña em Porto Velho.

“A importância deste encontro foi muito importante, pois iremos através dos conhecimentos adquiridos ultrapassar as dificuldades diárias na comunicação, da divulgação do trabalho dos Salesianos”, disse Irlan Holanda, coordenador do Conselho da Articulação Juvenil Salesiana, do Aroma e comunicador da Paróquia Santuário Nossa Senhora de Fátima.

Compartilhe:
Redes Sociais

Your Commment

Email (will not be published)